Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

Em estreia de Nenê e retorno de Cueva, São Paulo sofre para vencer Botafogo

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O São Paulo sofreu bastante, mas conseguiu derrotar o Botafogo-SP na 5ª rodada do Paulistão na tarde deste sábado (3). Com gols de Diego Souza e Cueva e ótima atuação de Sidão, o time do Morumbi venceu por 2 a 0 no dia que ainda marcou a estreia de Nenê, que pouco fez.

O jogo teve um desenho completamente diferente do placar. O time do interior criou as melhores chances e parou duas vezes na trave do goleiro são-paulino. Dodô, Naylhor e os outros botafoguenses ainda criaram outras chances e viram o arqueiro agir bem. Em contrapartida, nas duas vezes que chegou, os donos da casa foram efetivos.

Para se ter uma ideia do domínio do time de Ribeirão, os são-paulinos foram para o vestiário no intervalo de jogo ouvindo vaias. O protesto, inclusive, foi classificado como justo por Dorival Júnior.

Apesar disso, com os três pontos, o São Paulo chega aos sete e lidera o grupo B da competição ao lado da Ponte Preta. Já o Botafogo segue na vice-liderança do grupo D, mas precisa torcer contra o Red Bull. Na próxima rodada, a equipe da capital volta a jogar no Morumbi. Agora, para receber o Bragantino às 21h45 na quarta-feira (7). O Botafogo recebe o Ituano no sábado (10), às 16h30.

JOGO

Dorival Júnior resolveu promover a estreia de Nenê já neste sábado. Antes mesmo de fazer um coletivo com seus companheuros, o jogador começou como titular e já chegou como o homem das bolas paradas. Sua atuação, no entanto, ficou longe de ser brilhante. Tréllez, que foi apresentado junto com o ex-vascaíno, começou no banco. Cueva foi relacionado pela primeira vez depois de problemas disciplinares e também iniciou entre os reservas. Ele entrou no 2º tempo e marcou de pênalti.

O São Paulo ficou bastante com a posse de bola, mas não conseguiu assustar o Botafogo. As três melhores chances no primeiro tempo foram criadas pela equipe do interior. Logo aos dois minutos, Dodô bateu falta e exigiu intervenção de Sidão. O goleiro deixou a bola nos pés de Taylor, que chutou no travessão. Vinte minutos depois, Dodô saiu cara a cara com o arqueiro rival e acertou o pé da trave.

Além de ver o Botafogo-SP pressionar com duas bolas na trave e mais um erro aos 41 minutos em ótimo contra-ataque, Dorival Júnior precisou ir ao vestiário com vaias do pequeno público que foi ao Morumbi para o jogo deste sábado.

Depois de ter tomado três sustos no primeiro tempo, Dorival Júnior resolveu dar a nova chance a Cueva, que entrou no lugar de Brenner. Quem abriu o placar, no entanto, foi Diego Souza. O atacante aproveitou cruzamento de Reinaldo pela esquerda e tocou sem dificuldade para estufar as redes do Morumbi. No lance seguinte, o Botafogo-SP só não empatou porque Sidão foi muito bem. Bruno Moraes disparou pela esquerda, cruzou na área e achou William Oliveira. Ele tocou para empatar, mas viu o goleiro intervir.

O gol foi um dos poucos momentos em que o São Paulo levou perigo de verdade ao gol do adversário. Depois de abrir o placar, a equipe voltou a atuar bastante recuada e viu o time do interior pressionar em busca do empate até o apito final. Dodô, cara a cara, e Naylhor, de cabeça, criaram excelentes oportunidades que pararam no goleiro são-paulino.

Depois de dominar todas as ações e criar as melhores oportunidades, o Botafogo-SP foi punido em um dos ditados mais famosos do futebol: quem não faz toma. Serginho fez pênalti em Bruno Alves e viu Cueva converter a chance para celebrar seu retorno aos gramados com um gol.

SÃO PAULO

Sidão, Militão, Bruno Alves, Rodrigo Caio e Reinaldo (Edimar); Jucilei, Petros e Nenê (Shaylon); Marcos Guilherme, Brenner (Cueva) e Diego Souza.

T.: Dorival Júnior.

BOTAFOGO

João Lucas; Lucas Taylor (Carlos Henrique), Naylhor, Plínio e Peri; Serginho, Diones, Willian Oliveira (Jheimy), Dodô e Danielzinho (Wesley); Bruno Moraes.

T.: Léo Cond Árbitro: Raphael Claus

Assistentes: Alberto Poletto Masseira e Evandro de Melo Lima

Público/Renda: 13.624 presentes/R$ 149.101,91

Cartões amarelos: Reinaldo e Bruno Alves (SAO); Danielzinho, Diones e Plínio (BOT)

Gol: Diego Souza, aos 5 minutos do primeiro tempor; e Cueva, aos 38 minutos do segundo tempo, ambos jogadores do São Paulo.




O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber