Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

Nacional se diz 'envergonhado' por provocações de torcedores à Chape

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Nacional-URU emitiu uma carta à Conmebol com um pedido de desculpas devido a atitude de seus torcedores no confronto com a Chapecoense na quarta-feira (31), pela Taça Libertadores.

Na partida na Arena Condá, torcedores uruguaios imitaram aviões em alusão a tragédia da Chape ocorrida em Medellín, na Colômbia, no dia 29 de novembro de 2016, que deixou 71 pessoas mortas, incluindo jogadores, jornalistas e toda a comissão técnica do clube catarinense.

Em documento enviado à entidade e direcionado ao presidente Alejandro Domínguez, o clube uruguaio se disse "envergonhado".

"Em nome do Club Nacional de Football, profundamente consternados, fazemos chegar ao Sr. Presidente o nosso mais íntimo e profundo sentimento de vergonha por gestos cometidos por dois torcedores da nossa instituição em ocasião da partida disputada ontem [quarta-feira] pela Copa Libertadores da América contra a Associação Chapecoense de Futebol", escreveu o clube uruguaio.

Nas redes sociais, diversos usuários criticaram as atitudes dos torcedores uruguaios e pediram uma providência da Conmebol. A entidade máxima do futebol sul-americano não se manifestou até o momento. Essa não foi a primeira vez que o acidente da Chapecoense foi usado como provocação por rivais.

Em abril do ano passado, torcedores do Criciúma gritaram "ão, ão, ão, abastace o avião" após vitória por 1 a 0 no Campeonato Catarinense. Em Portugal, uma organizada do Porto cantou "quem me dera que o avião da Chapecoense fosse do Benfica".

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber