Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

Paulo Garcia tem candidatura à presidência impugnada no Corinthians

.

DIEGO GARCIA

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um dos favoritos para vencer a eleição do Corinthians, marcada para o próximo dia 3 de fevereiro, o empresário Paulo Garcia teve sua candidatura impugnada nesta segunda-feira.

A decisão foi da Comissão Eleitoral do clube e confirmada à Folha pelo presidente do Conselho Deliberativo, Guilherme Strenger. "Está confirmada. (O Paulo Garcia) Não pode participar da eleição", disse o desembargador.

Paulo Garcia foi impugnado pelo que a comissão definiu como ""grave infração eleitoral por abuso do poder econômico, vulgarmente conhecida como compra de votos. Ocorre que vazou um áudio do secretário-geral do clube, Antônio Rachid, dizendo que Garcia iria pagar a taxa de associação a quem quisesse votar nele.

Em entrevista posterior, o dono da Kalunga, inclusive, confirmou que o fez com seu cartão de crédito, no que definiu como uma prática comum no clube.

Procurado pela reportagem para comentar a impugnação, Paulo Garcia disse que ainda não foi comunicado e que, quando for, emitirá um posicionamento oficial.

Sem Paulo Garcia, estão confirmados no pleito o candidato de situação Andrés Sanchez, além dos opositores Felipe Ezabella, Romeu Tuma Júnior e Roque Citadini -este último também teve sua candidatura impugnada há alguns dias, mas obteve uma liminar na Justiça e está confirmado na eleição.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber