Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

Corinthians paga empresa de alimentação e encerra processo judicial

.

DASSLER MARQUES

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Alvo de um bloqueio judicial de R$ 130 mil por divergências na rescisão de contrato, o Corinthians encerrou o processo sofrido por parte da Refine Comercial.

O clube pagou os valores para a empresa, que tinha restaurante no Parque São Jorge e fornecia alimentação para funcionários e jogadores corintianos.

A decisão foi publicada nesta segunda-feira (29) no Diário Oficial e também confirmada pelo departamento jurídico do clube. Essa é a última semana da administração Roberto de Andrade no Corinthians.

Assinado pelo presidente Mário Gobbi, o contrato com a Refine Comercial foi rescindido por Roberto, sucessor no cargo. A justiça, porém, considerou que o Corinthians infringiu cláusulas do acordo no processo de rescisão com a Refine.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber