Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Esportes

De meia a zagueiro, promessa do Inter atrai europeus desde antes da Copinha

.

MARINHO SALDANHA

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - A Copa São Paulo terminou para o Inter nos pênaltis, contra o São Paulo, na semifinal. E quis o destino que um dos destaques do time gaúcho errasse a batida contra os paulistas. Bruno Fuchs, de 18 anos, apesar de não ter vencido o goleiro Júnior na cobrança, saiu valorizado. E não é de agora que ele atrai olhares de fora do país.

São oito anos de Internacional. Bruno, natural de Ponta Grossa, no Paraná, chegou ao time depois de se destacar nas escolinhas da região. Era meia e goleador de torneios infantis, mas evoluiu entre os pequenos colorados e ao longo do tempo foi chegando mais perto de seu gol. Hoje é zagueiro.

"Ele chegou como meia, sempre apresentou muita qualidade, um biótipo invejável. Bate com as duas pernas, tem boa técnica... Mas o tempo foi passando, ele crescendo, ficando mais alto, virou volante. Trabalhou um pouco por ali e depois se firmou como zagueiro. Chegou à seleção brasileira como zagueiro, disputou o Torneio de Toulon (Sub-18), amadureceu fisicamente, tecnicamente, cognitivamente, psicologicamente", conta o diretor das categorias de base do Inter, Diego Cabrera, ao UOL Esporte.

E o rendimento nos times inferiores do Internacional também atraiu observadores. Desde o ano passado, os olheiros do Sporting, de Portugal, acompanham de perto Fuchs. Antes mesmo da Copinha, o clube português tentou uma aproximação com o jogador. Hoje, devido a uma parceria com o Internacional, podem até ter facilidade para chegar até ele.

"Todo jogador que desponta na base, cresce, ganha espaço, acaba atraindo clubes. É normal este tipo de especulação. São jogadores jovens, promissores. Ele teve um destaque natural e tratamos isso abertamente. Não recebemos nenhum contato oficial. Nada de concreto do Sporting em relação ao Bruno", disse Cabrera. "Mas a gente tem um protocolo de parceria assinado com o clube. Troca de experiências, de procedimentos, de trabalhos de base. Eu fui lá no clube, participei de um congresso, membros da direção de base do clube estiveram em Porto Alegre. Isso poderia até facilitar alguma coisa. Mas não temos nada. Ficamos felizes com este tipo de interesse. É sinal que o trabalho está sendo bem feito. Que nossa metodologia e modelo de jogo têm dado resultado", explicou o dirigente.

Segundo publicou o jornal A Bola, do país europeu, o Sporting está disposto a efetuar uma proposta oficial na próxima janela de transferências por Fuchs. O vínculo dele com o Internacional vence em 2020.

O defensor ainda não recebeu oportunidades no time de cima, mas estará com o elenco Sub-23 no segundo semestre deste ano e poderá completar alguns treinamentos do principal. A ideia é dar novos passos e ganhar maturidade para chegar o mais pronto possível no time de cima.

"Ele está no processo final de lapidação e aprimoramento de todas as questões. Mas sem dúvida se trata de uma grande promessa da base do Inter. Acreditamos muito nele e, se continuar nesta evolução, tem tudo para se tornar um grande zagueiro. Foi um dos destaques da Copinha, da Copa RS, e a gente aposta muito na evolução dele", falou Cabrera. "Um jogador que atinge um nível de time principal no Inter, tem nível para jogar em qualquer clube do mundo. Um jogador que sobe na base num clube como o Inter, tem muito mercado lá fora. E é isso que esperamos de todos eles", finalizou.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber