Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Esportes

Cúpula da ginástica nos EUA se demite após condenação de médico por abuso

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Por meio de porta-voz, a Federação de Ginástica dos Estados Unidos (USA Gymnastics) confirmou nesta sexta-feira (26) que todos os remanescentes da atual diretoria irão entregar os seus cargos por conta da condenação de Larry Nassar, ex-médico da entidade, por abuso sexual.

A saída dos dirigentes foi uma exigência do Comitê Olímpico norte-americano (USOC). Caso não fosse acatada, a USA Gymnastics perderia a autonomia para comandar a modalidade no país. A informação foi publicada pela agência de notícias Reuters.

"A federação cumprirá o pedido feito pelo USOC", reiterou a porta-voz Leslie King.

Na última quarta (24), Nassar recebeu sentença de 40 a 175 anos na prisão após ser acusado de molestar sexualmente mais de 150 meninas e mulheres. Ele já havia sido condenado a 60 anos de cadeia por pornografia infantil, no fim do ano passado.

No dia seguinte, o USOC solicitou, em carta aberta, que a diretoria da Federação de Ginástica dos Estados Unidos fosse renovada e abriu uma investigação para entender como Nassar passou 20 anos ligado à entidade cometendo tantos crimes e se beneficiando de impunidade.

O escândalo também derrubou funcionários na Universidade de Michigan, onde o médico também trabalhou. A reitora da instituição, Lou Anna Simon, e o diretor esportivo, Mark Hollis, anunciaram as suas saídas.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber