Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

Lucas Moura acerta com Tottenham e aguarda liberação do PSG

.

MARCUS ALVES

LISBOA, PORTUGAL (UOL/FOLHAPRESS) - A cinco dias do fim da janela de transferências, o futuro de Lucas Moura no Paris Saint-Germain está mais próximo de ser definido. Com a autorização dos franceses, o meia-atacante de 25 anos esteve nesta quinta-feira (25) em Londres para conhecer a estrutura do Tottenham e encaminhou um acordo com o clube.

Conforme apurado pela reportagem, o meia-atacante alinhou inicialmente um contrato de três anos e meio que o manteria em White Hart Lane até junho de 2021 e agora aguarda por um acordo entre as partes.

Um de seus representantes, Junior Pedroso, que esteve em Sevilha conversando com o Betis e depois se deslocou para encontro com o Valencia, está em compasso de espera em Paris. O formato da operação entre PSG e Tottenham ainda não está definido.

A chegada de Lucas preencheria um desejo do técnico Mauricio Pochettino em reforçar o seu ataque. Segundo revelado pela reportagem, ao lado do presidente Daniel Levy, o argentino esteve reunido na semana passada com os agentes do ex-corintiano Malcom, sensação do Bordeaux. O próprio jogador também marcou presença no encontro, porém, os contatos esfriaram nos últimos dias e uma eventual investida ficou para a janela de transferências do meio do ano.

A despeito das tratativas com o futebol espanhol, Lucas nunca escondeu a sua predileção pelo futebol inglês, em virtude, sobretudo, de sua preocupação com o seu filho recém-nascido. Ele chegou a ser procurado também pelo Beijing Guoan, da China, mas descartou qualquer negócio.

Para que o acordo com o Tottenham seja concretizado, o PSG precisa reduzir ainda a sua pedida de 40 milhões de euros (R$ 151 milhões), um cenário que se desenha cada vez mais provável diante da escassez de ofertas de compra em definitivo. A princípio, a operação deve girar em torno dos 25 milhões de euros (R$ 95 milhões), mais metas a serem estabelecidas.

A saída iminente de Lucas é dada como selada pela ala brasileira no vestiário dos parisienses. Em entrevista ao Canal +, o zagueiro Marquinhos chorou ao falar da situação. "É triste quando vemos um amigo assim", afirmou. "É um amigo que me faz muito bem aqui em Paris desde minha chegada. Eu não gostaria de estar em sua situação porque um jogador precisa jogar", prosseguiu. "É ter pé no chão e acho que ele fará suas escolhas e estaremos com ele. É por isso que estou assim [chorando] de imaginar ele partir", completou.

O técnico Unai Emery já deixou claro que não conta com o atleta em seus planos e, ao comentar a sua situação e a do francês Ben Arfa, disse que "podem ser protagonistas em outra equipe, porque são bons jogadores e não tem a possibilidade de jogar aqui [PSG]".

Ao todo, Lucas Moura fez apenas seis jogos na temporada, todos eles vindo do banco de reservas, e soma 79 minutos. Ele possui contrato até junho de 2019.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber