Esportes

São Paulo tenta embalar contra o Guarani

Da Redação ·
 Rogério Ceni quer o São Paulo focado para evitar surpresas
fonte: Wagner Carmo/Vipcomm
Rogério Ceni quer o São Paulo focado para evitar surpresas

A vitória no clássico contra o Palmeiras mostrou ao São Paulo que ainda há a possibilidade de ir longe no Campeonato Brasileiro. Porém, a cautela virou palavra de ordem no Morumbi, para que o Tricolor evite uma nova queda de rendimento. Os jogadores se recusam a falar em título e a meta, agora, é embalar no duelo desta quarta-feira (22), às 19h30 (horário de Brasília), contra o Guarani.

continua após publicidade

O capitão Rogério Ceni prega humildade contra o time de Campinas.

continua após publicidade

- Será um jogo dentro de nossa casa, mas o Guarani é um time muito chato, que incomoda bastante e é bem preparado, temos que tomar muito cuidado. Se quisermos sonhar com alguma coisa melhor, temos que vencer. Hoje, não dá para falar que o São Paulo vai cair e nem disputar o título. Por isso, temos que somar os três pontos, porque a cada jogo é criada uma perspectiva nova.

continua após publicidade

Recentemente, o São Paulo encaixou uma série de três vitórias consecutivas (ante Atlético-GO, Atlético-MG e Flamengo) e criou uma grande expectativa na torcida, mas, em seguida, o time caiu de rendimento e perdeu para Botafogo e Internacional. Portanto, todos no Tricolor sabem que ainda precisam melhorar, sem euforia exagerada pelo resultado positivo no clássico contra o Palmeiras. A expectativa é melhorar o futebol sem abrir mão dos resultados positivos. O volante Richarlyson mantém os pés no chão quanto ao futuro do Tricolor no Brasileirão.


 

- O resultado fala muita coisa no futebol. Quando você vence, parece que tudo está certo, mas acho que ainda não está. Precisamos melhorar em termos táticos e nos transformar em uma equipe mais organizada. O restante do time também pensa assim. Sabemos que precisamos de um pouco mais. Da mesma forma, não podemos pensar só nestes aspectos que precisam ser melhorados e não vencer.

continua após publicidade

O time de Sérgio Baresi também conta com o retorno de Ricardo Oliveira, liberado pelo departamento médico depois de se recuperar de tendinite no joelho esquerdo. Porém, o treinador ainda não confirma se o colocará entre os titulares, já que deve disputar uma vaga com Dagoberto, que ficou na reserva na rodada passada.

continua após publicidade

Com 31 pontos, o São Paulo ocupa a oitava colocação no Campeonato Brasileiro, enquanto o Guarani aparece em décimo lugar, com 30.

continua após publicidade

Para o duelo no Cícero Pompeu de Toledo, o Bugre tem dois desfalques muito importantes. O capitão Renan e o atacante Mazola, dois dos destaques da equipe de Campinas, não podem entrar em campo, já que são emprestados pelo Tricolor ao Guarani. Com isso, ambos são impedidos de atuar por força do contrato.

No meio-campo, o técnico Vagner Mancini deve optar pela entrada de Maycon. Já para o ataque, a tendência é que Geovane seja o titular, pois já atuou também na rodada passada, quando Mazola cumpriu suspensão automática.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X GUARANI

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 22 de setembro de 2010, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Assistentes: Vicente Romano Neto e Marcelo Carvalho Van Gasse (ambos de SP)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Rodrigo Souto, Alex Silva e Miranda; Jean, Casemiro, Jorge Wagner, Lucas e Richarlyson; Dagoberto (Ricardo Oliveira) e Fernandão
Técnico: Sérgio Baresi

GUARANI: Douglas; Apodi, Fabão, Ailson e Márcio Careca; Maycon, Paulo Roberto, Baiano e Mário Lúcio; Geovane e Ricardo Xavier
Técnico: Vagner Mancini