Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

Cueva pede para não jogar após oferta, e São Paulo vê falta de comprometimento

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O São Paulo anunciou na tarde desta terça-feira que recusou uma proposta para vender Christian Cueva, que, insatisfeito, pediu para não ser relacionado para o jogo contra o Mirassol, pela terceira rodada do Campeonato Paulista. O diretor-executIvo de futebol Raí, em entrevista ao site do Tricolor, afirmou que o peruano "não está comprometido com a agenda do clube". A oferta era do Al Hilal, da Arábia Saudita.

"O Cueva nos pediu para não participar do jogo, e nós avaliamos que ele não está plenamente comprometido com a agenda do clube neste momento. Assim, decidimos não levá-lo com a delegação para Mirassol. Nós lamentamos essa situação e estamos trabalhando para tê-lo apto física e mentalmente e à disposição para voltar a contribuir com o São Paulo o mais rápido possível. O São Paulo não abre mão do jogador neste momento", disse Raí.

A delegação tricolor já viajou para o interior de São Paulo e o time entra em campo às 21h45 desta quarta-feira. Cueva ficaria no banco de reservas. Na semana passada, o estafe do meia sinalizou que o Krasnodar, da Rússia, e o Al Hilal pretendiam fazer propostas para comprar o camisa 10. O último time a procurar os empresários foi o argentino Boca Juniors. O São Paulo avisou que barraria qualquer investida, como acabou fazendo com os sauditas.

O histórico de problemas de Cueva tem deixado a diretoria são-paulina cada vez mais incomodada. Em novembro de 2017, o meia não se apresentou na data combinada após ajudar o Peru a se classificar para a Copa do Mundo deste ano. Já neste mês, perdeu uma semana da pré-temporada alegando a participação em campanhas publicitárias no Peru para o Mundial na Rússia. Raí o chamou para uma conversa e ainda aplicou multa salarial, assim como havia acontecido em novembro.

PERUANO REBATE

Cueva admitiu que pediu para não ser relacionado, mas justificou o ato pelo fato de não ser titular: "me pareceu que não sou importante para o time", afirmou o jogador.

"Estou tão comprometido com o clube que na última partida não estava programado para ir para o jogo e pedi para ajudar o São Paulo, pois vínhamos de uma derrota (entrou no segundo tempo do empate em 0 a 0 com o Novorizontino, no sábado). Esperava começar jogando amanhã (quarta, contra o Mirassol) para estar bem de ritmo e fisicamente para o jogo contra o Corinthians (no próximo sábado), porém por opção da comissão eu ficaria no banco. Pedi para não viajar e analisar as propostas que chegaram. Estou à disposição sempre para ajudar esse grande clube, jogando."

Cueva não acredita que ficaria no banco pelo fato de ter iniciado a pré-temporada mais tarde que os demais companheiros, já que se apresentou com quase uma semana de atraso. O meia banca que a decisão era simplesmente técnica. No treino tático da última segunda-feira, o armador estava no time reserva, mas em duas atividades diferentes foi puxado para a formação titular por Dorival Júnior.

O São Paulo insiste que não gostaria de vender Cueva antes da Copa do Mundo, disputada em junho na Rússia. O meia deve ser um dos protagonistas do Peru.

Confira os relacionados para o jogo do São Paulo contra o Mirassol:

Goleiros: Jean e Sidão

Laterais: Bruno, Éder Militão, Edimar e Reinaldo

Zagueiros: Aderllan, Anderson Martins, Bruno Alves e Rodrigo Caio

Volantes: Araruna, Jucilei, Paulo Henrique, Pedro e Petros

Meias: Lucas Fernandes e Shaylon

Atacantes: Bissoli, Brenner , Caíque, Diego Souza, Marcos Guilherme e Paulinho

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber