Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

Apresentado como gerente do Santos, William foge de identificação com o Corinthians

.

SAMIR CARVALHO

SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) - William Machado foi apresentado como o novo gerente de futebol do Santos nesta sexta-feira (19), no CT Rei Pelé.

O ex-zagueiro e comentarista se esquivou sobre sua relação com o Corinthians e fez questão de apresentar seu histórico em outros clubes: casos de Grêmio e até Ipatinga e América-MG.

"Eu não vi isso como preocupação [relação com o Corinthians]. Eu entendo essa ligação, por tudo que foi conquistado, mas tenho relação forte com Grêmio, Ipatinga, América-MG. Nenhum desses outros são rivais diretos, mas mostra que, felizmente, eu sempre tive boa aceitação pela forma que eu encarava o momento presente. E o momento é o Santos."

William também se esquivou quando o assunto foi Gabigol. O gerente de futebol do Santos disse que não tinha informações sobre a contratação do atleta, que acertou com o clube paulista até dezembro, segundo apurou a reportagem.

"Essa parte é do Gustavo [Vieira, diretor de futebol]. A mim compete, junto com a comissão técnica, entender necessidades do clube, traçar perfil e sugerir dois, três nomes de acordo com faixas salariais. Entendemos, em uma visão mais macro, que o clube sabe onde deve ir. Passamos para o Gustavo e ele vê o que pode ser feito. É claro que o Gabigol é um jovem formado no Santos, e entendemos a história de estar com portas abertas sempre, e será uma oportunidade fantástica se pudermos concretizar. Se está perto ou longe, vocês perderam a oportunidade de perguntar ao Gustavo", disse.

William estava no SporTV exercendo a função de comentarista de futebol e ainda não vingou na função de gerente de futebol. O profissional explicou as duas passagens relâmpagos que teve no cargo: apenas 24 dias no Corinthians e três meses no Bahia.

"No Corinthians, quando aceitei a proposta, foi meio que por uma pressão muito grande de amigos. Momento difícil, eliminação para o Tolima, e eu havia recusado dois convites. Estava com minha decisão bem tomada, com viagens programadas, inclusive. E no momento de turbulência, eu reconsiderei. Fiquei pouco tempo no Corinthians porque tenho posicionamento inflexível ou convicção como alguns chamam. Eu chamo de convicção. O momento era de serenidade. Era o primeiro do Paulista. E optei por sair, sem arrependimento, por princípios", explicou.

William receberá entre R$ 25 e 30 mil mensais no Santos. No SporTV, o ex-zagueiro ganhava cerca de R$ 18 mil mensais. O clube paulista havia reservado este salário para a função de gerente pois o cargo de melhor remuneração na diretoria é de Gustavo Vieira, que recebe R$ 50 mil mensais para exercer o cargo de diretor-executivo.

Os valores são bem inferiores comparados à diretoria de Modesto Roma. Dagoberto Santos, que fazia a função de Gustavo Vieira, recebia mais de R$ 120 mil mensais.

Antes de fechar com William Machado, o Santos insistiu na contratação de Sérgio Dimas, que exerceu a função no próprio clube paulista nos últimos dois anos, mas foi demitido pelo ex-presidente Modesto Roma na temporada passada.

No entanto, Dimas recebe cerca de R$ 50 mil no Red Bull, e a diretoria santista não "cobriu" o valor. A cúpula alvinegra ainda procura um auxiliar fixo para a comissão técnica.




O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber