Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

Comissão eleitoral do Corinthians suspende candidatura de Citadini

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A comissão eleitoral do Corinthians decidiu na noite desta segunda-feira impugnar a candidatura de Antonio Roque Citadini, da chapa "Corinthians Mais Forte", para o pleito no próximo dia 3.

O fato está ligado aos sócios anistiados no clube no começo do mês passado. O candidato passou a ser investigado pela comissão eleitoral após denúncias de indícios de pagamentos para que sócios em situação irregular colocassem títulos em dia para votar.

O candidato deve ser notificado ainda na noite desta segunda-feira. Citadini deve recorrer da decisão nos próximos dias.

Em dezembro, 845 sócios do Corinthians que reativaram seus títulos com desconto foram proibidos de votar.

A anistia dada a sócios havia sido determinada por Eduardo Caggiano, diretor administrativo do clube, que também assinou documento como coordenador de campanha de Andrés Sanchez, candidato à presidência.

A iniciativa foi invalidada pela comissão eleitoral a pedido do candidato Romeu Tuma Jr.

Além dele, concorrem ao cargo Andrés Sanchez, Felipe Ezabella e Paulo Garcia.

Sanchez é o nome da situação. Seu grupo político, "Renovação e Transparência", está no poder desde 2007.

Sanchez Garcia também correm o risco de impugnação, pelo mesmo motivo. A decisão deve ocorrer ainda nesta semana, pois a dupla não havia sido notificada e, portanto, não teve tempo para elaborar a defesa -eles terão três dias para isso.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber