Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Esportes

Dorival confirma Sidão como titular e pensa em usar três zagueiros no SP

.

BRUNO GROSSI

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Pela primeira vez na temporada, o técnico Dorival Júnior concedeu entrevista coletiva no CT da Barra Funda. O comandante do São Paulo avisou que duas formações serão utilizadas de maneira alternada no início do Campeonato Paulista, mas que o goleiro Sidão será mantido em qualquer uma das escalações: "Ele é nosso titular. Os outros estão trabalhando".

Além disso, o treinador falou sobre a ideia de testar novos esquemas e formas de jogar. Essa foi uma necessidade detectada após a saída de Hernanes. Na cabeça de Dorival, nem no elenco, nem no mercado seria possível encontrar um substituto que cumprisse todas as lacunas deixadas pelo Profeta. Uma ideia seria contratar Gustavo Scarpa, que acabou fechando com o Palmeiras após rescindir na Justiça com o Fluminense e ficar próximo do Tricolor.

"O momento do Hernanes foi exemplar e ele vinha produzindo numa condição que você dificilmente encontraria alguém à altura. Precisamos de uma nova concepção da equipe. O meio de campo era mais de trabalho de bola, mas faltando infiltrações finais. Foi tudo o que procuramos trabalhar na pré-temporada, com movimentação, troca de posição e infiltração. Substituto vai ter, mas com outra característica. Temos que ter calma, ver a reação da equipe em campo. Com Hernanes a gente tinha uma segurança, passando confiança para os outros e trazendo um equilíbrio. Isso foi importante pela função dele e pelo contexto geral da presença de um jogador como ele. A equipe ficava confortável e confiante. Foi fundamental. O Hernanes saiu. A partir temos que readequar a equipe e buscamos alternativas", explicou, antes de prosseguir:

"Não cheguei a falar com o Gustavo Scarpa. Não só Palmeiras, mas muitas equipes estavam atrás; Palmeiras foi feliz e que o Scarpa tenha muito sucesso na nova equipe. Vamos fazer as coisas com o pé no chão e da forma que for conveniente. Queríamos um grande jogador, fomos até nosso limite, não tenho dúvida dos esforços da diretoria. Não temos que ficar lamentando. Que ele seja feliz do outro lado e o São Paulo siga seu caminho pautado por sua realidade".

Até o momento, Dorival Júnior recebeu três reforços: Jean, Diego Souza e Anderson Martins. A chegada dos dois últimos, principalmente, ajudam o técnico nessa busca por um novo estilo de jogo para o São Paulo. O zagueiro, por exemplo, pode causar uma mudança ainda mais brusca no time, mas tratada de forma mais embrionária na cabeça de Dorival.

"Não descarto a possibilidade de usar três zagueiros. Tenho laterais de apoio, que podem chegar com mais facilidade e serem jogadores de transição, atacando pela lateral e por dentro. Pode vir a acontecer. Vamos aguardar a recuperação do Arboleda, que não fez nenhuma sessão de trabalho ainda (devido à lesão)", disse o treinador, que formaria o trio com o equatoriano, Anderson e Rodrigo Caio.

Sobre Diego Souza, a tendência é que o ex-jogador do Sport seja realmente o substituto de Lucas Pratto, vendido ao River Plate. "Tem uma diferença entre colocar um meia de origem em uma função de referência e já ter um atacante de referência e querer que ele faça o movimento contrário, de saída e flutuação. Diego tem uma capacidade técnica muito grande e tem condições de executar várias funções, como ser o pivô quando afunilamos a jogada para acelerar as ações. Ele pode contribuir muito, preenchendo aquela função", exaltou Dorival.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber