Mais lidas
Esportes

Aposentado, Massa diz que carro da Williams será 'mais agressivo' em 2018

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Aposentado oficialmente como piloto da Fórmula 1, após a despedida na temporada 2017, Felipe Massa continua ligado à escuderia Williams. O brasileiro comentou com empolgação a preparação da equipe inglesa para o campeonato deste ano e disse apostar na evolução de um carro “mais agressivo".

"Eu vi o novo carro no túnel de vento e vi várias mudanças que parecem bastante interessantes", afirmou Massa em entrevista ao site da revista "Autosport".

"O carro parece muito mais agressivo. Parece diferente, então eu acredito que o carro pode melhorar", acrescentou o ex-piloto da F-1.

Massa disputou quatro temporadas como piloto da Williams e viu a equipe cair de terceira colocada no Mundial de construtores (2014 e 2015) para a quinta posição nos últimos dois anos, perdendo inclusive a briga com a Force India pelo status de quarta força entre as escuderias.

"Você tem a Renault, que vai melhorar. Você também terá a McLaren. Então precisamos ver o quanto pode ser essa evolução (da Williams)", comentou o brasileiro.

Após a saída de Massa, a Williams deve anunciar nos próximos dias quem será o companheiro do canadense Lance Stroll na temporada 2018. A tendência é que a vaga fique com o russo Sergey Sirotkin, de 22 anos, que teve bom desempenho em testes pela equipe, mais veloz que o experiente polonês Robert Kubica, que também está no páreo.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber