Mais lidas
Esportes

"Ser melhor do mundo na minha geração era muito mais difícil", diz Ronaldo

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Ronaldo causou um grande debate nesta quinta-feira (4) no mundo do futebol. Em entrevista à revista alemã Sport Bild, o brasileiro, que foi eleito o melhor jogador de futebol do mundo em 1996, 1997 e 2002, afirmou que em sua época de atleta era mais difícil ganhar uma Bola de Ouro do que nos últimos 9 anos, em que só Lionel Messi e Cristiano Ronaldo conquistaram o prêmio.

"Na minha geração, a concorrência era muito maior do que agora, sem querer menosprezar Messi e Cristiano Ronaldo. Esses dois vão disputar o título de melhor do mundo nos próximos anos. Na minha época havia Zidane, Rivaldo, Figo, eu e depois Ronaldinho. Essa era uma geração na qual o status de melhor do mundo era muito mais difícil", afirmou o Fenômeno.

Além da concorrência pesada, Ronaldo justificou que o futebol praticado nos anos 1990 e no início da década de 2000 era diferente do atual. "Sem ser arrogante: eu tinha muita habilidade, uma velocidade em uma época em que nem todos eram rápidos. E hoje nós vemos que todos correm muito no futebol. Temos apenas algumas dezenas que são mais lentos. Quando comecei minha carreira, costumava ser comparado a Pelé. Isso é um grande elogio, é claro, e embora eu estivesse orgulhoso, eu não concordava."

Na entrevista, o ex-jogador de 41 anos disse que apesar das conquistas individuais, o auge de sua carreira foi vivido com a camisa da equipe canarinho. "O título da Copa do Mundo vencido em 2002 contra a Alemanha. Talvez não tenha sido o meu melhor torneio em termos de desempenho, mas em termos do que eu poderia fazer, a Copa do Mundo foi a melhor época da minha vida."

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber