Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Esportes

Skate volta à cena esportiva em Londrina no dia 6 de janeiro

.

Segunda modalidade mais praticada pelos jovens brasileiros e presente pela primeira vez numa Olimpíada em 2020, o skate volta para os pés da garotada londrinense que curte manobras radicais. O Londrina Skate Park (LSP) reabre suas portas a partir deste sábado (dia 6/01), às 9 horas, oferecendo aulas de skate para iniciantes a partir de 5 anos (meninos e meninas) e ainda uma programação com atividades culturais e gastronômicas.

Com uma pista indoor de 1.400 metros quadrados, uma das maiores do país e minirrampa, o Londrina Skate Park, que já foi palco de muitas competições, retoma proporcionando uma série de atividades e campeonatos. O espaço foi projetado para que os admiradores e praticantes do skateboarding possam fazer uma grande variedade de manobras e evoluir como atletas.

O que muitos não sabem é que Londrina já foi um centro efervescente de skatistas na década de 90, período em que foram realizados vários campeonatos amadores e profissionais movimentando cidades da região e de vários outros estados brasileiros.  A cidade foi também a primeira do Brasil a criar uma associação de skatistas que se mantém viva até hoje.

Para os organizadores das atividades, Anderson Camargo e Ricardo Santos, a reabertura do LSP tem por objetivo descobrir novos talentos e trazer, novamente à cidade, a cena esportiva dos skatistas com competições que possibilitem o contato do público de todas as idades. Para isso, até março de 2018, já estão agendados campeonatos Amador, Iniciante Feminino e Old School (acima de 30 anos). “A intenção é movimentar todas as idades e tentar revelar alguns futuros campeões”, diz Anderson Camargo, skatista profissional, formado em Educação Física, que irá ministrar as aulas de skate, incluindo exercícios de alongamento e aquecimento.

Para quem nunca praticou ou para aqueles que já são praticantes do skateboarding e desejam aprender técnicas do esporte, a dica é não deixem de conhecer esse espaço radical.

De acordo com Ricardo Santos, a pista londrinense é única e a maior pista indoor do Paraná, toda em madeira com chão em granilite. “É um espaço superadequado para iniciação de skatistas e para realização de campeonatos”, diz.

A ideia, segundo Anderson Camargo, é popularizar o skate cada vez mais, divulgando e levando também a modalidade para as escolas por meio da disciplina de Educação Física. “Este é o melhor momento para começar a treinar, principalmente agora que vamos ter os Jogos Escolares, além de que o skate passou a ser esporte olímpico a partir de 2020”,  acrescenta. Antes de vir para Londrina, Anderson dava aulas de skate em escolas, pistas particulares e projetos sociais em Cascavel e Curitiba.

Não só as aulas para iniciantes vão movimentar o Londrina Skate Park durante o verão 2018, uma programação pra lá de agitada está agendada pelos organizadores com praça de alimentação, Almoço do Madera (duas vezes ao mês), Terça Funcional (treinamento físico para skatista), Quarta das Antigas (reunião de skatista acima de 18 anos com muito rango, skate e chopp), Espaço Skate Arte (galeria para exposições), premiação para a melhor manobra (mytricklsp) de cada mês e Domingo a Pista é Nossa ( excursões de grupos skatistas da região e festas fechadas com bandas).

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber