Esportes

Torcedores do Flamengo jogam bombas e grades após derrota na final

Da Redação ·
Torcedores do Flamengo entraram em confronto com a polícia depois da derrota para o Independiente (Reuters)
Torcedores do Flamengo entraram em confronto com a polícia depois da derrota para o Independiente (Reuters)

LEO BURLÁ E VINICIUS CASTRO

continua após publicidade

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - Uma parte da torcida do Flamengo não reagiu bem ao título perdido da Copa Sul-Americana. Após a partida com o Independiente, que terminou com empate por 1 a 1, alguns rubro-negros atiraram bombas e morteiros nos caminhões de transmissão e na direção da entrada da imprensa no Maracanã.

Uma das grades das arquibancadas também foi arremessada e a saída do estádio se transformou em uma praça de guerra. Houve muita correria em todos os portões, principalmente no F.

continua após publicidade

Um público de 62.567 (54.963 pagantes) foi ao Maracanã na noite desta quarta (13), mas o Flamengo precisava vencer a equipe argentina para, no mínimo, levar a decisão para os pênaltis.

O Independiente havia vencido por 2 a 1 na Argentina, de modo que uma vitória rubro-negra por um gol de diferença, por qualquer placar, levaria o jogo às penalidades. No entanto, o empate frustrou as expectativas do Flamengo e provocou reações de irritação da torcida brasileira, que cantou "time sem vergonha" ao apito final.