Esportes

Corinthians goleia o Prudente e assume liderança

Da Redação ·
 Paulinho comemora com Elias, autor do terceiro gol corintiano
fonte: Miguel Schincariol/Lance Press
Paulinho comemora com Elias, autor do terceiro gol corintiano

O Corinthians venceu o Grêmio Prudente por 3 a 0, neste sábado, no Pacaembu. Com a vitória, o Timão assumiu a liderança do Brasileirão e colocou pressão no Fluminense, que agora terá que vencer o Flamengo por mais de dois gols de diferença para voltar à ponta da tabela. O resultado aprofunda ainda mais a crise no Grêmio Prudente, que está na lanterna da competição com 17 pontos.

continua após publicidade


Logo nos minutos iniciais da partida o Corinthians já mostrava qual seria seu comportamento. Atacando e pressionando a saída de bola do Grêmio Prudente, o Timão criou muita dificuldade para a equipe do interior paulista sair jogando.
 

Aos 4 minutos o Timão chegou com perigo, em chute de Alessandro. O lateral driblou seu marcador e bateu forte da entrada da área, mas a bola passou por cima do gol.
 

continua após publicidade

Aos poucos, o Prudente foi melhorando e equilibrou a partida. O Abelha ameaçou abrir o placar aos 10 minutos. Cleidson cobrou falta na cabeça de Hugo, mas o atacante mandou a bola à esquerda do gol de Julio Cesar.

A partir daí a partida ficou mais morna, com as duas equipes errando no último passe e não conseguindo criar grandes chances de gol.

continua após publicidade

Isso até os 22 minutos, quando Rodrigo Mancha errou na saída de bola e Elias deu passe na medida para Iarley, que só tocou de pé esquerdo na saída do goleiro Giovanni para abrir o placar.
 

O Grêmio Prudente sentiu o baque e ficou com ainda mais dificuldade para passar a marcação da saída de bola do Corinthians. O Timão, por sua vez, insistia nas jogadas pelo lado direito e facilitava para a defesa do Abelha.
 

Em uma das poucas jogadas da equipe pela esquerda, Roberto Carlos soltou uma bomba de fora da área, obrigando o goleiro do Prudente a fazer boa defesa.
 

continua após publicidade

No segundo tempo, o Corinthians começou arrasador. Logo aos 3 minutos, Bruno Cesar cruzou rasteiro da direita e encontrou Jorge Henrique livre no meio da área. O atacante bateu de pé direito, com categoria, no canto esquerdo do goleiro e marcou o segundo gol do Timão.
 

Com a vantagem de dois gols no placar ficou difícil para o Grêmio Prudente. Ainda mais depois da equipe do interior paulista ter um gol anulado em jogada polêmica. Após cobrança de escanteio, Henrique Dias chutou de fora da área e fez o gol, mas o juiz anulou o lance dizendo que um jogador do Prudente em posição de impedimento atrapalhou a visão do goleiro do Timão.
 

continua após publicidade

Abatido pelo gol no início da segunda etapa e pelo tento anulado, o Abelha acabou sendo facilmente controlado pelo Corinthians, que só administrava a vantagem.
 

Aos 37 minutos do segundo tempo, o Timão ainda conseguiu marcar o terceiro. Elias fez linda tabela com Paulinho e tocou de bico para o fundo do gol, dando números finais à partida.
 

Na próxima rodada, o Corinthians joga o clássico contra o Santos, na Vila Belmiro, na quarta-feira, às 22h. O Grêmio Prudente tem outra pedreira, recebe o Palmeiras no Prudentão, também na quarta-feira, mas às 19h30.

FICHA TÉCNICA:
CORINTHIANS 3 X 0 GRÊMIO PRUDENTE

Estádio: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data/hora: 18/9/2010 - 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Sálvio Spinola Fagundes (Fifa-SP)
Auxiliares: Marcelo Van Gasse (SP) e Vicente Romano (SP)
Renda/público: R$ 778.324,00 / 26.209 pag..
Cartões amarelos: Paulinho (COR); Fabiano Gadelha(GPP)
Cartões vermelhos: Nenhum.
GOLS: Iarley, 22'/1ºT (1-0); Jorge Henrique, 3'/2ºT (2-0); Elias, 37'/2ºT (3-0)

CORINTHIANS: Julio Cesar; Alessandro (Moacir, intervalo), Paulo André, Leandro Castán e Roberto Carlos; Boquita, Paulinho, Elias e Bruno César (William Morais, 37'/2ºT); Jorge Henrique e Iarley (Danilo, 22'/2ºT). Técnico: Adilson Batista.

GRÊMIO PRUDENTE: Giovanni; Bruno Ribeiro, Anderson Luis, Diego e Cleidson; Rodrigo Mancha, Roberto, Carlos Eduardo e Fabiano Gadelha (Dayvid Sacconi, 19'/2ºT); Henrique Dias (Robson, 33'/2ºT) e Hugo (Willian José, intervalo). Técnico: Marcelo Rospide.