Mais lidas
Esportes

Perto da Libertadores, Vasco encara a rebaixada Ponte Preta

.

PAULO BATISTELLA

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O cenário da rodada final do Campeonato Brasileiro parece ideal para o Vasco ir à próxima Taça Libertadores.

A equipe cruzmaltina só depende de si —é a sétima, com 53 pontos—, vai atuar junto de sua torcida, e terá pela frente um adversário já rebaixado para a Série B. Contudo, os cariocas evitam qualquer euforia.

O técnico Zé Ricardo cobrou atenção de seus comandados para o duelo com a Ponte Preta neste domingo (3), a partir das 17h (de Brasília), em São Januário. “A gente não está em clima de festa, sabemos que a Ponte Preta virá com seus objetivos. Conheço o trabalho do Eduardo Baptista, é um grande treinador, e certamente a equipe dele chegará aqui para fazer uma grande partida. Nosso time precisa estar concentrado.”

De fato, o treinador da Ponte não pensa em aliviar a disputa. Baptista reforçou a necessidade da equipe de Campinas em encerrar a competição de cabeça erguida. “Queríamos chegar no Rio brigando pela permanência, mas as coisas não aconteceram do nosso jeito. É fazer com dignidade e avaliar alguns jogadores, para fazer um 2018 mais forte.”

Cada um dois times terá uma mudança entre os titulares. O Vasco deverá promover Gilberto devido a suspensão automática de Henrique. Já a Ponte terá Marllon na zaga —ele ocupará o lugar de Rodrigo, que foi expulso na rodada passada por ato obsceno e já negocia rescisão.

VASCO

Martín Silva; Madson, Anderson Martins, Paulão e Gilberto; Wellington, Evander, Yago Pikachu, Nenê e Paulinho; Andrés Rios. T.: Zé Ricardo.

PONTE PRETA

Aranha; Nino Paraíba, Marllon, Luan Peres e Jeferson; Elton, Wendel, Danilo e Léo Artur; Lucca e Léo Gamalho. T.: Eduardo Baptista

Estádio: São Januário, no Rio

Horário: 17h (de Brasília) deste domingo

Juiz: Rafael Traci (PR)

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber