Facebook Img Logo
Mais lidas
Esportes

Conmebol rejeita pedido do Grêmio e mantém cartão a zagueiro Kannemann

.

MARINHO SALDANHA

PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - A Conmebol rejeitou pedido do Grêmio de retirada do cartão amarelo apresentado ao zagueiro Kannemann no jogo de ida da final da Libertadores contra o Lanús (ARG). O clube gaúcho foi informado no início da tarde desta segunda-feira (27).

A entidade não esclareceu a razão pela qual tomou esta decisão. O departamento jurídico do Grêmio irá se reunir e avaliar se cabe algo a ser feito em relação a isso.

O pedido de cancelamento do cartão amarelo apresentado pelo árbitro Julio Bascuñam ocorreu no fim da última semana. O Grêmio, inclusive, elencou uma série de reclamações em protesto na Comebol, onde foi representado pelo presidente Romildo Bolzan Júnior.

Entre as solicitações estava um pedido de punição ao goleiro do rival, Andrada, que foi flagrado em vídeo empurrando um gandula nos minutos finais de partida. Não houve resposta da entidade sobre isso.

Com o cartão mantido, Kannemann está fora da final da próxima quarta-feira (29), às 21h45 (de Brasília), no estádio La Fortaleza, por força de uma suspensão.

Por ter vencido o primeiro compromisso por 1 a 0, o clube tricolor conquista o tricampeonato da Libertadores com qualquer vitória ou empate na Argentina.

Em caso de derrota por um gol de diferença, a partida será definida em prorrogação e pênaltis. Derrota por dois ou mais dá o título ao Lanús.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

mais notícias

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber