Mais lidas
Esportes

Carille admite que Corinthians perdeu o foco durante o 2º turno do Brasileiro

.

LUIZ COSENZO

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Com o título já conquistado e a taça erguida neste domingo (26), o técnico do Corinthians, Fábio Carille, admitiu que a equipe perdeu o foco durante o segundo turno do Campeonato Brasileiro.

Após terminar a primeira metade do campeonato com 82,4% de aproveitamento e oito pontos de vantagem na liderança, o time alvinegro ficou quatro jogos sem vencer e viu a diferença para o segundo colocado cair para cinco pontos faltando sete rodadas. Após a queda de rendimento, o clube retomou o caminho das vitórias e conquistou o heptacampeonato.

"Muito se falou de concentração, de o time perder o foco. Realmente, naquele período ruim nosso, aconteceu. Por isso. Muitos jogadores sendo procurados, a cabeça do atleta é natural pensar quanto vai ganhar na Europa. Pelo nosso primeiro turno, nosso time chamou a atenção. Faltava algo dentro de campo", disse Carille, que já sabe que não terá para 2018 o lateral esquerdo Arana e o zagueiro Pablo.

O primeiro afirmou novamente que está de saída para o Sevilla, enquanto o segundo não aceitou a proposta de renovação contratual.

"Estamos arriscados a perder mais jogadores. Mas não sou de lamentar. Minha parte é trabalhar o time dentro de campo", acrescentou o treinador, que não garantiu a permanência de Cássio.

De acordo com técnico, o goleiro está valorizado e pode receber propostas. Em janeiro de 2016, Cássio teve uma proposta do Besiktas e quase deixou o clube. ÚLTIMO JOGO

Na entrevista após o empate diante do Atlético-MG por 2 a 2, Carille afirmou que colocará em campo uma equipe mesclada diante do Sport, no domingo (3), às 17h, pela última rodada do Brasileiro. O time pernambucano ainda briga para escapar da degola.

Ele já não poderá contar com o os volantes Camacho, Clayson, Maycon e Marquinhos Gabriel, suspensos. Por outro lado, terá o retorno de Romero.

"Vão acontecer algumas mudanças por suspensão, como outras que quero ver, é o momento de olhar. Equipe mesclada, não totalmente reserva. Acredito que cinco ou seis titulares vão para Recife", disse o treinador corintiano.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber