Mais lidas
Esportes

Festa do hepta corintiano tem nova selfie de Romero e tremedeira de Cássio

.

DIEGO SALGADO

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Corinthians fez mais uma festa no gramado da Arena de Itaquera neste domingo (26), após o empate por 2 a 2 com o Atlético-MG. A comemoração do hepta brasileiro contou com a presença de Romero no campo e também foi marcada por uma nova selfie do paraguaio, além do nervosismo de Cássio no momento de levantar o troféu.

Logo após o apito final do duelo, um palco foi rapidamente montado no centro do gramado. Romero, que não jogou por estar suspenso, apareceu com uma bandeira do Paraguai presa na cintura, assim como Balbuena, que a carregava nas mãos.

Com os companheiros, o atacante paraguaio, que manteve o silêncio ao não dar entrevistas, reeditou a selfie feita contra o Palmeiras. Dessa vez, porém, os jogadores do Corinthians estavam com as medalhas de campeão no peito.

Cássio, por sua vez, não escondeu a tremedeira por erguer uma nova taça pelo Corinthians -o goleiro já havia feito isso no Campeonato Paulista deste ano.

"Estou feliz, confesso que fiquei um pouco nervoso. Honra de erguer a taça. Todo é merecedor de ter conseguido esse título. Foi um ano de muito trabalho. Todos juntos conseguimos dar uma boa resposta. Esse ano fomos cobrados um pouco mais. Está todo mundo de parabéns", disse o capitão corintiano.

A festa corintiana ainda teve a presença de muitas crianças no campo. Jô, por exemplo, carregava seu filho no colo e até brincou ao chamá-lo de "neto de Itaquera". Pedro Henrique, titular na vaga de Pablo, também concedeu entrevista com o filho recém-nascido nos braços.

Pablo, vetado pela diretoria do Corinthians após o encerramento das negociações por uma renovação, acabou lembrado por Balbuena e Jô. O zagueiro lamentou a ausência do ex-companheiro, enquanto o atacante evitou tecer comentários mais profundos sobre o tema.

As comemorações no gramado da Arena Corinthians duraram cerca de 50 minutos. Só depois desse período os mais de 46 mil torcedores deixaram o estádio. Nos primeiros minutos da festa, uma das torcidas organizadas ensaiou uma invasão ao campo, assim como ocorreu no treino deste sábado (25), também no local. Policiais estrategicamente posicionados no setor norte, entretanto, impediram o avanço.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber