Mais lidas
Esportes

'Queria que ele estivesse aqui', diz Balbuena sobre Pablo

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O veto de Pablo ao jogo da festa do Corinthians ainda repercute. Após o empate por 2 a 2 com o Atlético-MG e a entrega do troféu erguido pelo goleiro Cássio, o zagueiro Balbuena e o atacante Jô falaram sobre a situação envolvendo o defensor.

"Logicamente ficamos tristes porque uma situação assim é difícil, é pessoal dele, a gente não pode interferir. A gente queria que ele estivesse, que todo o mundo estivesse presente. É uma pena que não esteja aqui para comemorar conosco porque isso aqui é de todos nós', disse Balbuena em entrevista à Rádio Globo.

"É uma situação que foi resolvida internamente, Não temos como defender um ou outro. Já passou, já foi resolvido. Importante que temos de comemorar agora", afirmou Jô.

Pablo sequer foi relacionado para a partida deste domingo depois do veto da diretoria. O fato está ligado à negociação frustrada entre o clube e o estafe do jogador. Sem acerto, o zagueiro de 26 anos não vestirá mais a camisa corintiana.

Após o encerramento das negociações, o clube, de acordo com Pablo, pediu para ele ficar fora até do treino deste sábado, em Itaquera, e alegou "falta de clima". Em entrevista ao UOL Esporte, o defensor fez críticas à postura do Corinthians.

"Estou muito triste. O que está acontecendo comigo agora pode vir a acontecer com qualquer outro jogador do Corinthians no futuro. E isso é lamentável", disse o jogador de 26 anos, que defendeu o time alvinegro em 51 partidas da temporada 2017 -24 delas no Brasileirão.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber