Mais lidas
Esportes

Corinthians empata com o Atlético-MG em jogo da festa do título brasileiro

.

LUIZ COSENZO

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - E a torcida corintiana fez nova festa no Itaquerão. Mesmo com o empate diante do Atlético-MG por 2 a 2, neste domingo (26), a torcida corintiana não parou de cantar e festejou muito no chamado jogo da taça. Logo após a partida, o goleiro Cássio exibiu o troféu do heptacampeonato brasileiro.

O time alvinegro havia faturado o título há 11 dias, quando venceu o Fluminense por 3 a 1.

A festa, porém, começou bem antes do goleiro corintiano exibir o troféu. Aliás, foi uma continuação do que aconteceu no último sábado (25), quando os torcedores invadiram o gramado da arena durante o treino para festejar o título com os jogadores.

Neste domingo, os 46.030 torcedores que compareceram ao estádio, o segundo maior público na história da arena -o maior foi no duelo contra o Palmeiras (46.090)-, entoaram o grito de é campeão antes, durante e após a partida. Enquanto os jogadores pousavam para a foto do pôster, papeis picados foram atirados no gramado e a torcida balançou as bandeirinhas que foram distribuídas para a formação de um mosaico com a palavra hepta referente ao sétimo título brasileiro.

Até quando Cássio furou um recuo de bola de Balbuena que quase resultou no gol do adversário, a torcida gritou o nome do goleiro

Dentro de campo, os jogadores retribuíram esse apoio. Com uma boa atuação, em especial do meio-campista Jadson, que substituiu Romero, suspenso, o Corinthians comandou o primeiro tempo.

O camisa 10 corintiano se movimentou bastante e deu excelentes passes para os companheiros. Ele também acertou uma bola no travessão e marcou em uma cobrança de falta lateral que passou por toda defesa atleticana e pelo goleiro Victor. Antes, o venezuelano Otero abriu o placar com um também belo gol de bola parada.

No segundo tempo, Carille voltou com uma equipe mais ofensiva. Tirou o volante Camacho e colocou o meia-atacante Marquinhos Gabriel, que foi o responsável pelo gol da virada. Ele recebeu do lado direito, cortou para o meio e acertou o ângulo de Victor. Sete minutos depois, Fred empatou de cabeça após uma cobrança de escanteio.

Mesmo com o título já garantido, o Corinthians manteve a intensidade em busca da vitória para premiar os seus torcedores, que pediram a entrada de Pedrinho e foram atendidos por Carille. Mesmo com o empate, até gritos de olé foram entoados no estádio.

O Corinthians se despede do Campeonato Brasileiro no próximo domingo (3), quando enfrenta o Sport fora de casa. A equipe não poderá contar com Camacho, Clayson, Marquinhos Gabriel e Maicon, suspensos. Rodriguinho e Fagner, outros pendurados, não foram advertidos pelo árbitro.

CORINTHIANS

Cássio; Fagner, Balbuena, Pedro Henrique e Guilherme Arana; Gabriel e Camacho (Marquinhos Gabriel); Jadson (Pedrinho), Rodriguinho (Maycon) e Clayson; Jô. T.: Fábio Carille

ATLÉTICO-MG

Victor; Marcos Rocha, Gabriel, Leonardo Silva e Fábio Santos; Yago, Elias, Valdívia (Luan), Robinho e Otero (Rafael Moura); Fred (Cazares). T.: Oswaldo de Oliveira

Gols: Otero, aos 28min, e Jadson, aos 35min do 1º tempo; Marquinhos Gabriel, aos 12min, e Fred, aos 20min do 2º tempo

Cartões amarelos: Camacho, Clayson e Marquinhos Gabriel (C); Marcos Rocha (A)

Estádio: Itaquerão, em São Paulo (SP)

Público: 46.030 pagantes

Renda: R$ 2.892.594,20 Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber