Mais lidas
Esportes

Lugano recusa jogo festivo e deve se despedir na rodada final do Brasileiro

.

JOSÉ EDUARDO MARTINS

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Assim que Lugano renovou o seu contrato com o São Paulo, no fim de junho, muito se falou sobre uma partida de despedida. A ideia da diretoria era fazer um jogo festivo como foi de Rogério Ceni, em 2015. O uruguaio, no entanto, não gostou muito da ideia. Por isso, a última partida do campeão mundial de 2005 com a camisa tricolor deve ser no dia 3 de dezembro, no Morumbi, contra o Bahia, pela última rodada do Campeonato Brasileiro.

Segundo apurou o UOL Esporte, o São Paulo até demonstrou o desejo de realizar tal amistoso, mas a ideia esbarrou na resistência de Lugano. Aos 37 anos, o veterano ainda não está certo de qual será o seu futuro e seguir como jogador é uma possibilidade.

O beque acredita que outros atletas estrangeiros que fizeram história no clube, como os também uruguaios Pedro Rocha, Páblo Furlan e Darío Pereyra, não foram homenageados pelo clube quando deixaram o Morumbi. Então, para que tal amistoso fosse realizado, Lugano gostaria que também fossem convidados outros nomes marcantes da história são-paulina.

A situação do São Paulo neste fim de ano também não é vista como motivo para festa. Depois de ser eliminado de três competições no primeiro semestre (Paulista, Copa do Brasil e Copa Sul-Americana), o time ficou 14 rodadas na zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro e só escapou de vez do rebaixamento no último fim de semana. Lugano, mesmo sem entrar em campo na maior parte dos jogos, foi considerado uma das peças mais importantes na recuperação do time.

Na época que assinou a ampliação do seu vínculo com o clube até o fim deste ano, o zagueiro concordou com uma redução salarial de R$ 100 mil. Para tentar compensar a situação, o São Paulo acenou com a possibilidade de destinar parte do valor que fosse arrecadado com a festa para o jogador, assim como aconteceu com Rogério Ceni. Lugano, porém, também não viu com bons olhos a possibilidade de ganhar dinheiro em cima da paixão dos torcedores.

Sem o amistoso festivo, Dorival Júnior estuda a possibilidade de colocar Lugano entre os titulares no jogo contra o Bahia. Coincidentemente, o uruguaio não entra em campo desde a última partida com Rogério Ceni como técnico, a derrota por 2 a 0 para o Flamengo, no dia 2 de julho. Neste período, a dupla de zaga Arboleda e Rodrigo Caio se firmou na equipe principal.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber