Mais lidas
Esportes

Brasileiro mantém disputa acirrada com chance de Libertadores e risco de queda

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Com o título definido a favor do Corinthians, as últimas três rodadas do Campeonato Brasileiro ainda reservam emoções na luta contra o rebaixamento e principalmente por vagas na Libertadores, disputa que esquentou na rodada com as derrotas de Flamengo e Botafogo.

O Bahia entrou de vez na disputa e outros clubes, como Atlético-MG e São Paulo, também nutrem a esperança com a possibilidade de mais vagas serem abertas com possíveis títulos brasileiros nos torneios sul-americanos. Corinthians, Palmeiras, Grêmio e Cruzeiro já estão garantidos.

Ainda na frente dos concorrentes na tabela, o Botafogo aumentou o alerta em relação à vaga na Libertadores depois de perder do Atlético-GO em casa. O revés fez a probabilidade de o clube chegar entre os seis primeiros do Brasileiro cair para 33%, segundo cálculo do Chance de Gol. Porém, a possibilidade absoluta ainda é grande (72,3%), já que o quinto colocado Cruzeiro já garantiu vaga via Copa do Brasil, o que formou um atual G-7 no campeonato.

O Flamengo, por sua vez, segue na briga por duas frentes. Se no Brasileiro a derrota para o Coritba fez a possibilidade cair para 35,8%, o clube carioca está na semifinal da Copa Sul-Americana e pode garantir vaga pela competição, o que faz a sua chance absoluta ser de 84%. Um possível título flamenguista abriria mais uma vaga, assim como uma conquista gremista na Libertadores diante do Lanús. Neste cenário, o Brasileiro poderia ter um G-9.

Esta imprevisibilidade de vagas distribuídas no campeonato coloca Vasco e Bahia, atualmente fora da zona de Libertadores, com boas possibilidades de classificação. O time baiano está em plena arrancada e tem uma probabilidade absoluta de 52,8%, contra 48,4% dos vascaínos. Na tabela, porém, os cariocas ainda têm um ponto de vantagem (50 a 49).

Chapecoense, Atlético-MG, São Paulo e Atlético-PR, por outro lado, se apegam à possibilidade de G-9 para seguirem sonhando com a vaga. Há três jogos sem vencer, o time paulista tem chances remotas de chegar entre os 6 primeiros (1,1%), mas vê a possibilidade aumentar para 8,4% considerando as chances cruzadas com as retas finais da Libertadores e da Copa Sul-Americana.

Contra o rebaixamento, as probabilidades indicam uma disputa entre Ponte Preta e Vitória para fugir da degola. Atlético-GO, Avaí e Sport têm risco de queda superior a 95%, enquanto o 15º colocado Fluminense só tem 2,4% de possibilidade.

PROBABILIDADES (CÁLCULOS DO CHANCE DE GOL)

VAGA NA LIBERTADORES (PROBABILIDADE ABSOLUTA)

Corinthians: 100 %

Grêmio: 100%

Palmeiras: 100%

Santos : 99,97%

Cruzeiro: 100% (Classificado via Copa do Brasil)

Botafogo: 72,3%

Flamengo: 84 %

Vasco: 48,4%

Bahia: 52,8%

Chapecoense: 22,9%

Atlético-MG: 13,1%

São Paulo: 8,4 %

Atlético-PR: 6 %

Coritiba: 0,4%

Fluminense: 0,6%

VAGA NA LIBERTADORES (VIA G6)

Corinthians: 100 %

Grêmio: 100%

Palmeiras: 100%

Santos : 99,1 %

Botafogo: 33 %

Flamengo: 35,8 %

Vasco: 12,6%

Bahia: 17,6%

Chapecoense: 4,3%

Atlético-MG: 1,2%

São Paulo: 1,1 %

Atlético-PR: 0,6 %

Coritiba: quase 0%

Fluminense: quase 0%

RISCO DE REBAIXAMENTO

São Paulo: 0,03 %

Atlético-PR: 0,01 %

Coritiba: 1,9%

Fluminense: 2,4%

Vitória: 39,7%

Ponte Preta: 61,5%

Sport: 96,1%

Avaí: 98,6%

Atlético-GO: 99,98%

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber