Mais lidas
Esportes

Valentim evita comentar protestos e pede apoio contra o Sport

.

JOSÉ EDGAR DE MATOS

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O técnico Alberto Valentim evitou fazer comentários sobre os protestos ocorridos antes da vitória do Palmeiras por 2 a 0 sobre o Flamengo. O comandante do time alviverde ainda citou a coletiva conjunta concedida na última sexta-feira e pediu que os torcedores apoiem a equipe na próxima quinta-feira, diante do Sport, no Allianz Parque. “Só lembrar que nossa coletiva junto foi para nos fortalecer. Mas muito para chamar o nosso torcedor. E hoje eles fizeram isso. Quero mais uma vez convocá-los para o jogo contra o Sport”, disse o treinador palmeirense.

O treinador também falou sobre as mudanças feitas no time, com as entradas do volante Felipe Melo, do zagueiro Luan e de Michel Bastos, que foi escalo na lateral esquerda. Valentim ainda ressaltou a boa participação do trio. “Todo que estão no elenco tem de estar pronto para jogar. O Felipe vem trabalhando normalmente, igual a outros, como aconteceu com o Luan e o Michel. Esses três que não vinham jogando com frequência como titulares estão de parabéns junto com os outros”, frisou.

Deyverson, que marcou os dois gols do triunfo sobre os cariocas em casa, recebeu elogios do treinador. Valentim não pôde contar com Borja, que serve a seleção colombiana, e Willian, que ainda busca a melhora física. “O Deyverson é um jogador que se esforça muito. Ele entrou bem no jogo contra o Cruzeiro. Ele treina muito forte e não se abateu pelo fato de eu ter entrado com o Willian quando assumi. Isso que é legal, isso é ter elenco forte. Elenco forte é quando dá para fazer trocas e o jogador dá contribuições. Eles conseguiram suprir as faltas”, frisou.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber