Mais lidas
Esportes

Reunião sobre orçamento do Cruzeiro definirá compra de Hudson junto ao SP

.

THIAGO FERNANDES

BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - A definição do orçamento para 2018 será fundamental para a busca do Cruzeiro por reforços, mas também para a manutenção de Hudson. Na próxima terça (14), o presidente Wagner Pires de Sá e o vice de futebol Itair Machado se reunirão com Gilvan de Pinho Tavares para definir o investimento do clube em 2018 e o volante deve entrar em pauta.

A ideia é que os dirigentes acertem, na reunião, o montante destinado a contratações e em quais setores da equipe serão usados estes valores.

Para manter Hudson de forma definitiva, o clube tem de pagar 1,5 milhão de euros (R$ 5,6 milhões na cotação atual) ao São Paulo, conforme estipulado no empréstimo que se encerra em dezembro deste ano.

"Eu já conversei com o diretor do São Paulo nos últimos dias. Não precisamos colocar jogadores na negociação. Vamos definir o orçamento para 2018 e ver se podemos acionar a cláusula. Haverá uma reunião entre o doutor Gilvan e o presidente Wagner [Pires de Sá] para conversar sobre isso", afirmou o vice de futebol Itair Machado ao UOL Esporte.

Luciano Couto, empresário do meio-campista de 29 anos, reside em Madri e tem volta ao Brasil prevista para 20 de novembro. Na chegada ao país, ele se reunirá com o diretor a fim de acertar a manutenção de Hudson na Toca da Raposa II.

O volante é uma das prioridades do Cruzeiro para 2018. Pedido de Mano Menezes, o jogador pode ter os direitos adquiridos pelo clube mineiro em janeiro do próximo ano.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber