Mais lidas
Esportes

Bahia vence Avaí de virada e se aproxima da pré-Libertadores

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Avaí continua se complicando no Campeonato Brasileiro, e o Bahia segue subindo na tabela.

Na noite desta quarta-feira (8), na abertura da 33ª rodada, o time catarinense até saiu na frente com um gol histórico de Marquinhos. Porém, levou dois gols de Edigar Junio e perdeu de virada para os baianos por 2 a 1.

Com o resultado, o Avaí estaciona nos 35 pontos, continua na vice-lanterna e perde a oportunidade de deixar a degola —o que poderia acontecer dependendo dos outros resultados.

Já o Bahia, que até algumas rodadas atrás ainda lutava contra o rebaixamento, chega à quarta vitória em seis jogos e agora começa a ver uma vaga para a Libertadores cada vez mais possível. O triunfo o deixa com 45 pontos na tabela, logo abaixo do G-7.

O primeiro gol da partida saiu aos 16 minutos da etapa inicial. De falta, Marquinhos anotou o seu 58º gol na Ressacada e se tornou o maior artilheiro do estádio, deixando para trás o ex-atacante Décio Antônio, que defendeu o Avaí nos anos 80.

Na saída do intervalo, o meia falou sobre a comemoração do gol histórico: "Fui em direção a meu pai e falei para ele que a gente conseguiu. Claro que troco todos os objetivos individuais pelos coletivos, mas é muito importante para mim essa marca".

O gol de empate do Bahia, marcado aos 32 minutos da etapa inicial, contou com uma ajudinha da trave —e não só de uma. Juninho cobrou falta próxima à área e a bola acertou as duas traves; no rebote, Edigar Junio apareceu e soltou o pé para deixar tudo igual.

Já no segundo tempo, quando o momento parecia mais propício a um gol do Avaí, o Bahia foi quem voltou a marcar. O tento veio depois de uma jogada muito bem trabalhada.

Mendoza encontrou Allione, que já dentro da área deu bela assistência para Edigar Junio marcar mais um, aos 33 minutos. Agora, o atacante soma sete gols nos últimos sete jogos disputados.

O Avaí agora terá pela frente uma missão nada fácil: encara o líder Corinthians em Itaquera, no próximo sábado (11), às 19h. Já o Bahia vai a campo um dia depois contra o Atlético-MG, às 18h, na Arena Fonte Nova.

AVAÍ

Douglas; Maicon (Diego Tavares), Betão, Alemão, João Paulo; Judson, Pedro Castro, Marquinhos (Simião), Luanzinho (Maurinho); Rômulo, Júnior Dutra. T.: Claudinei Oliveira

BAHIA

Jean; Eduardo, Tiago, Thiago Martins, Juninho Capixaba; Renê Júnior (Feijão), Juninho, Zé Rafael e Allione (Matheus Sales); Edgar Junio, Mendoza (Régis). T.: Paulo César Carpegiani

Estádio: Ressacada, em Florianópolis

Juiz: Péricles Bassols (PE)

Cartões amarelos: Pedro Castro, Rômulo (AVA); Juninho Capixaba, Allione (BAH)

Gols: Marquinhos (AVA), aos 16 minutos, e Edigar Junio (BAH), aos 32 minutos do primeiro tempo; Edigar Junio (BAH), aos 33 minutos do segundo tempo

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber