Mais lidas
Esportes

Com time misto, Grêmio conta com grande atuação de Grohe e vence a Ponte

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Grêmio segue no topo da tabela do Brasileiro e em contagem regressiva para atingir sua meta: garantir pontuação de classificado à Libertadores de 2018. Nesta quarta-feira (8), o clube tricolor venceu a Ponte Preta por 1 a 0, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

Ramiro foi o autor do gol gremista, mas o destaque no jogo válido pela 35ª rodada foi Marcelo Grohe. O goleiro fez ao menos três grandes defesas e garantiu o triunfo do time gaúcho.

A vitória faz o Grêmio chegar a 57 pontos. Já a Ponte viu seu desespero aumentar —estacionado nos 35 pontos, o time alvinegro segue na penúltima posição.

Pilhados pela necessidade de vencer em casa, os ponte-pretanos procuraram um jogo mais duro desde o primeiro minuto. Mas a intensidade foi além do necessário e acabou dando errado.

Aos 17 minutos, Fernando Bob deixou o pé e acertou Ramiro na altura da cintura. A entrada não deixou dúvidas em Sandro Meira Ricci, que deu cartão vermelho direto ao volante.

Com um a menos, o time mandante ficou retrancado na etapa inicial. Apesar disso, foi quem conseguiu criar a melhor chance, em um escanteio fechado de Danilo que quase terminou em gol olímpico.

O Grêmio, com equipe cheia de reservas, só conseguiu propor algo no início do segundo tempo —o que acabou bastando para a vitória. Logo aos quatro minutos, Jael lançou Léo Moura, que chegou à linha de fundo e cruzou para Ramiro, na segunda trave, marcar de cabeça.

De resto, o jogo do clube tricolor não foi muito bom. Pelo contrário, a defesa passou a sofrer pressão e se salvou pelas mãos de Marcelo Grohe.

Com a desvantagem no placar, Eduardo Baptista não teve outra saída: jogou a Ponte para frente. O time alvinegro até conseguiu pressionar o Grêmio, mas faltou pontaria.

Léo Gamalho, Lucca e Sheik desperdiçaram boas oportunidades para buscar pelo menos um empate. E, em mais de um momento, o ambiente de tensão pesou na hora do time decidir o que fazer com a bola.

PONTE PRETA

Aranha; Emerson, Rodrigo, Yago e Jeferson (Felipe Saraiva); Fernando Bob, Naldo (Léo Arthur), Elton (Léo Gamalho), Danilo Barcelos e Lucca; Emerson Sheik. T.: Eduardo Baptista

GRÊMIO

Marcelo Grohe; Edilson, Rafael Thyere, Bressan e Marcelo Oliveira; Cristian, Jailson (Fernandinho), Michel, Ramiro e Everton; Jael (Beto da Silva)(Leonardo). T.: Renato Gaúcho

Estádio: Moisés Lucarelli, em Campinas

Juiz: Sandro Meira Ricci (SC)

Cartões amarelos: Rodrigo, Elton, Lucca, Danilo Barcelos (PON); Bressan, Marcelo Oliveira, Fernandinho (GRE)

Cartão vermelho: Fernando Bob (PON)

Gols: Ramiro (GRE), aos 4 minutos do segundo tempo

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber