Mais lidas
Esportes

Atlético-MG recebe o lanterna Atlético-GO

.

PAULO BATISTELLA

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A distância do Atlético-MG para o Z-4 e o G-7 do Brasileiro, em posições, é a mesma, já que o time ocupa a 12ª colocação. Mas os alvinegros preferem focar na parte de cima da tabela.

Os mineiros recebem o Atlético-GO à 20h desta quinta (9) na Arena Independência empenhados em buscar a classificação à Taça Libertadores. O plano destoa de times em situação parecida, como o São Paulo, que, apesar de ter 43 pontos, um a mais que o Atlético-MG, só falar em fugir do rebaixamento.

No caso do clube mineiro, o discurso pela ida ao torneio continental é mais forte por corroborar uma ordem dada pelo presidente Daniel Nepomuceno no início de agosto, logo após a frustrante queda na Libertadores deste ano. “É obrigação, sem dúvida nenhuma. São cinco anos consecutivos de Libertadores. Não tem como essa equipe ficar fora do G-6. Até porque acabaram as desculpas de que não tem prazo, não tem jogo quarta e domingo”, disse Nepomuceno, acompanhado do então treinador Rogério Micale.

O técnico agora é outro, Oswaldo de Oliveira, mas se manteve a cobrança —ou incentivo aos olhos de quem assumiu o projeto. “Eu não encaro como pressão, é uma motivação”, ponderou o atual comandante alvinegro em coletiva desta quarta (8).

Já a realidade dos atleticanos de Goiânia é outra: na lanterna da competição, com 27 pontos, se limitam a buscar a permanência na Série A.

Com objetivos díspares, os Atléticos terão em comum, além do nome, as mudanças pontuais entre os titulares.

O clube mineiro só promoverá Valdívia no lugar de Otero, suspenso. Enquanto os rubro-negros não contarão com o goleiro Marcos e o atacante Walter, barrados pelo clube por não integrarem o planejamento para a próxima temporada.

ATLÉTICO-MG

Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Adilson, Elias, Cazares, Robinho e Valdívia; Fred. T.: Oswaldo de Oliveira

ATLÉTICO-GO

Kléver; Jonathan, Gilvan, William Alves e Breno Lopes; Marcão Silva, Igor, Andrigo, Jorginho e Luiz Fernando. Diego Rosa (Alison). T.: João Paulo Sanchez

Estádio: Independência, em Belo Horizonte

Horário: 20h desta quinta

Juiz: Rodolpho Toski Marques (PR)

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber