Mais lidas
Esportes

'Se depender de mim, fico no São Paulo até o fim da carreira', diz Jucilei

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Emprestado até o fim de 2017 pelo Shandong Luneng (CHN), Jucilei não sabe qual será o seu destino no São Paulo.

Os dois clubes tentam negociar a renovação do vínculo, porém, ainda não houve um acordo. Mas se depender da vontade do meio campista, o contrato será assinado e ele ficará no Morumbi por mais alguns anos.

"Tenho o desejo de ficar, me identifiquei muito com o São Paulo. A vontade de ficar é enorme, se depender de mim quero ficar por quatro, cinco anos e encerrar minha carreira aqui. Mas isso não depende só de mim. Depende de várias coisas, minha vontade é ajudar", afirmou o jogador, em entrevista à "ESPN Brasil".

"Disse uma vez em uma entrevista que jogador bom é jogador caro. Dificilmente você vai pegar um jogador de experiência, bom e barato. Tem esse empecilho, mas se o São Paulo quiser, está nas mãos dele. O jogador quer ficar. É um bom passo", completou o atleta.

Contratado no período em que Rogério Ceni era o treinador do São Paulo, Jucilei viveu momentos de altos e baixos na temporada. Ele chegou a ser considerado um dos principais destaques da equipe, depois foi para a reserva. Agora, voltou a se firmar entre os titulares.

"Esse período de cinco ou seis partidas é difícil, porque todo atleta quer jogar, mas serviu de aprendizado. Fiquei treinando forte, não me desanimei e continuei querendo oportunidade. Quando tive, consegui agarrar. E fico feliz por ajudar o São Paulo neste momento difícil, falando, lutando", disse Jucilei, que recuperou o seu posto no jogo contra Flamengo, há três rodadas.

"Dorival está procurando um time ideal, agora acho que ele achou. Minha posição todos sabem, é de camisa 5, em frente à defesa. Quando me colocou em outra, senti um pouco de dificuldade. E falei que meu papel é no suporte da defesa para liberar o Hernanes. Estou podendo ajudar jogando na minha posição."

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber