Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Esportes

Lista de técnicos do Santos para 2018 cresce com Luxemburgo e Roger Machado

.

SAMIR CARVALHO

SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Elano reestreou no comando do Santos com vitória diante do Atlético-MG no último sábado (4), na Vila Belmiro. Tudo foi perfeito, com o time correndo muito e marcando três gols. A torcida ainda viu a estreia da possível nova "joia", Rodrygo, e vibrou com a "caneta" de Alison em Robinho. No entanto, o ex-meia não deve permanecer como técnico da equipe santista para 2018. A diretoria continua trabalhando bastante em busca de um novo treinador e dois nomes ganham muita força na Vila Belmiro: Vanderlei Luxemburgo e Roger Machado.

O nome de Luxemburgo, demitido recentemente do Sport, é o mais comentado nos bastidores do clube paulista. Grande parte da cúpula acredita que seja o momento do retorno do treinador campeão brasileiro pelo Santos em 2004, além dos títulos paulistas de 2006 e 2007 e do Torneio Rio-São Paulo de 1997.

A notícia da volta do "professor", inclusive, já chegou ao elenco santista. A maioria não gostou da informação. Além deles, Luxemburgo possui inimizades com ex-jogadores que trabalham no clube e fazem parte de comissão técnica e diretoria.

No entanto, somando todos os funcionários hoje no Santos, o número de amigos de Luxemburgo é bem maior. Ele possui pessoas de sua confiança em praticamente todos os departamentos do clube: comissão técnica, diretoria, categorias de base, assessoria de imprensa, segurança, entre os outros.

Para a mídia, a cúpula santista não deve confirmar o interesse em Luxemburgo. O presidente Modesto Roma sabe que o ex-presidente Marcelo Teixeira perdeu a eleição de 2009 principalmente por apostar em Luxemburgo no lugar de Vagner Mancini na ocasião.

Roger Machado, por sua vez, é o nome preferido daqueles que não aprovam a volta de Luxemburgo. Eles alegam que o treinador tem o perfil de "técnico moderno" que eles prometeram apostar depois da decepção com Levir Culpi.

Para esta "ala", Roger seria perfeito para continuar preparando Elano para o futuro. O atual comandante do Santos ainda precisa concluir alguns cursos na CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e fazer estágios em 2018. O ex-meia tenta, inclusive, observar de perto o trabalho de Pep Guardiola, no Manchester City, da Inglaterra. Vale lembrar que Elano tem bom relacionamento no clube inglês, onde atuou por duas temporadas.

Luxemburgo ou Roger são técnicos de perfis diferentes hoje no futebol, porém são os dois que encabeçam hoje a lista de treinadores para 2018. Outros nomes são monitorados no Santos: Jair Ventura, do Botafogo, Fabiano Soares, do Atlético-PR, Vagner Mancini, do Vitória, e Claudinei Oliveira, do Avaí. Caso Luxemburgo e Roger não acertem, o clube paulista deve investir em um destes outros.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber