Mais lidas
Esportes

Valentim diz que derrota do Palmeiras foi 'injusta' e critica arbitragem

.

EDUARDO GERAQUE E PAULO ROBERTO CONDE

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O técnico interino do Palmeiras, Alberto Valentim, classificou como injusta a derrota neste domingo (5) para o Corinthians por 3 a 2 reclamou da arbitragem de Anderson Daronco.

O treinador, que até a partida acumulava três vitórias e um empate à frente da equipe, disse que o primeiro gol corintiano, feito por Romero em posição irregular, mudou a história do encontro, que até então estava equilibrado.

"O erro do árbitro no primeiro gol muda todo o jogo. Foi muito, muito impedimento e mexeu no placar. O resultado, para mim, não foi justo", disse.

Valentim também se queixou do fato de o volante corintiano Gabriel não ter sido punido com cartão ao voltar a campo sem o aval do árbitro após um atendimento.

Se fosse novamente advertido, o jogador deveria ter sido expulso, porque já tinha recebido um cartão amarelo.

"Perguntamos ao quarto árbitro, que disse que o Gabriel se confundiu com um gesto do do juiz. Ele teria entendido um gesto de 'joga, joga' como sinal para voltar ao campo. Só que não existe isso. As regras estão aí para serem cumpridas", complementou.

O volante palmeirense Moisés, autor do segundo gol da equipe, aderiu ao coro do técnico e criticou os árbitros.

"É sempre assim. A gente sabia que haveria um erro a favor do Corinthians aqui. Mas cometemos alguns erros que não poderíamos", afirmou.

Valentim foi indagado pelos jornalistas sobre as falhas na defesa e o posicionamento avançado da equipe, o que permitiu muitos espaços para os atacantes corintianos.

O treinador defendeu a formação, que já tinha sido exposta na partida contra o Cruzeiro, porém concordou que ajustes serão necessários nas seis partidas restantes pelo Campeonato Brasileiro.

"Esse posicionamento é uma forma de trabalhar, só que precisa de tempo. Mas os jogadores compraram a ideia de uma forma maravilhosa."

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber