Mais lidas
Esportes

United perde para Chelsea e vê City disparar no Campeonato Inglês

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Com gol do espanhol Morata no segundo tempo, o Chelsea bateu o Manchester United por 1 a 0 neste domingo (5), no Stamford Bridge, e embolou a briga pela vice-liderança do Campeonato Inglês.

O resultado deixa o time londrino na quarta posição, com 22 pontos, um a menos que o rival, ainda segundo colocado. Melhor para o Manchester City, que mais cedo venceu o Arsenal e está ainda mais tranquilo na ponta, com 31.

A Premier League agora para por duas semanas em virtude da Data Fifa. A bola volta a rolar no dia 18 de novembro, quando o Chelsea visita o West Bromwich e o Manchester United recebe o Newcastle.

Velhos conhecidos da torcida azul retornaram ao Stamford Bridge neste domingo, mas como rivais. Dentro de campo, Matic e Lukaku. À beira dele, José Mourinho, tricampeão nacional pelo clube de Londres. O passado vitorioso não impediu que parte da torcida vaiasse o português.

Em 11minutos, o duelo em Londres teve dois lances bem polêmicos. Primeiro Jones desviou a bola contra a própria meta após cruzamento de Alonso -o juiz anulou o gol, assinalando falta de Morata. O mesmo Morata teve a camisa puxada por Smalling escandalosamente dentro da área pouco depois, mas a arbitragem não viu.

Reclamações à parte, o duelo foi bem jogado e equilibrado no primeiro tempo. O United começou o jogo com mais posse de bola e teve boa chance com Lukaku. A partir dos 15 minutos, o Chelsea tomou as rédeas da partida e criou as melhores oportunidades -na melhor delas, De Gea espalmou pancada de Hazard e Fabregas cabeceou o rebote para fora.

Os anfitriões voltaram ainda melhores para a etapa final e não demoraram para abrir o placar. E foi de espanhol para espanhol: Azpilicuelta cruzou com perfeição na cabeça de Morata, que desviou para o fundo do gol do também compatriota De Gea.

DAVID LUIZ

Pressionado depois da derrota por 3 a 0 para a Roma no meio de semana pela Liga dos Campeões, o técnico Antonio Conte decidiu mexer no time do Chelsea. E sobrou para David Luiz, que foi de titular a sequer relacionado, assistindo à partida da arquibancada.

"Não foi nada. Uma decisão tática. Christensen está numa boa forma e também temos Ampadu (zagueiro que ficou no banco), que é bom jogador. O clube gosta de trazer jogadores jovens", afirmou o italiano segundo o jornal local Guardian.

Como o meia Willian ficou na reserva dos donos da casa (só entrou aos 41 do segundo tempo) e o United não tem brasileiros atualmente no seu elenco, o clássico começou sem nenhum representante do país pentacampeão mundial em campo -como há muito tempo não acontecia.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber