Mais lidas
Esportes

Ex-chefão da F-1, Ecclestone diz que ajudava a Ferrari

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O ex-chefão da Fórmula 1 Bernie Ecclestone deu declarações em uma entrevista ao jornal italiano "La Reppublica" que causou polêmica na categoria. Ecclestone afirmou que ajudava a Ferrari em sua época comandando a principal categoria do automobilismo. “Ajudar a Ferrari era a coisa mais esperta a se fazer. E sempre foi feito de acordo com as regras técnicas. As equipe são importantes para a Fórmula 1, mas a Ferrari é mais do que isso, por isso muitas coisas foram feitas ao longo dos anos para ajudar a equipe de Maranello”, disse Ecclestone.

O jornal então pergunta se ele acha que isso é justo e o ex-chefão da Fórmula 1 admite: “não é justo”.

Ecclestone também contou que Max Mosley, ex-presidente da FIA, agia com ele e ainda isentou o diretor de provas Charlie Whiting no caso. “Charlie sempre fez o que era necessário, mas Max [Mosley, ex-presidente da FIA] oferecia ajuda a Ferrari e eu também. A gente queria que a Ferrari vencesse, as equipes gostam de enfrentam uma Ferrari competitiva. Uma coisa é competir contra a Sauber, outra é contra um carro vermelho”, comentou.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber