Esportes

Cristiano Ronaldo ganha prêmio de melhor do mundo da Fifa pela 5ª vez 

Da Redação ·
Cristiano Ronaldo beija o troféu de melhor jogador do mundo em 2017 - BEN STANSALL / AFP
Cristiano Ronaldo beija o troféu de melhor jogador do mundo em 2017 - BEN STANSALL / AFP

O português Cristiano Ronaldo recebeu, nesta segunda-feira, seu quinto troféu de melhor jogador da temporada dado pela Fifa. A premiação passou a se chamar oficialmente "The Best" ("O Melhor") em 2016, ano em que CR7 também levou o prêmio. Antes, o português havia conquistado a honraria em 2008, sob a alcunha de "Melhor Jogador da Fifa", e numa dobradinha em 2013 e 2014, época da "Bola de Ouro da Fifa".

continua após publicidade

Em seu discurso após receber o prêmio, CR7 fez agradecimentos à família e também aos colegas.

- Em primeiro lugar, quero agradecer aos meus companheiros de Real Madrid e da seleção. É extraordinário. Logicamente é algo que eu ambicionava, ganhar troféus coletivos e individuais também.

continua após publicidade

Com o prêmio recebido em 2017, Cristiano Ronaldo iguala Messi em eleições como melhor jogador do ano. O argentino também já faturou o prêmio cinco vezes. Neymar apareceu novamente entre os três finalistas - o brasileiro havia figurado no pódio pela primeira vez em 2015, quando ficou em terceiro.

Cristiano Ronaldo recebeu 43,16% dos votos, enquanto Messi foi votado por 19,25% do colégio eleitoral da Fifa. Neymar ficou em terceiro, com 6,97%.

O trio figurou no ataque da seleção da temporada, lista de 11 jogadores eleitos como os melhores em suas respectivas posições. A equipe teve três brasileiros: além de Neymar, também entraram os laterais Daniel Alves e Marcelo.

continua após publicidade

A seleção da temporada teve a seguinte formação: Buffon (Juventus), Daniel Alves (PSG), Sergio Ramos (Real Madrid), Bonucci (Juventus) e Marcelo (Real Madrid); Modric (Real Madrid), Kroos (Real Madrid), Iniesta (Barcelona); Messi (Barcelona), Neymar (PSG) e Cristiano Ronaldo (Real Madrid).

No futebol feminino, a holandesa Lieke Mertens venceu o prêmio de melhor jogadora do mundo na temporada. Sarina Wiegman, técnica de Mertens na seleção da Holanda, foi premiada como a melhor treinadora do ano.

ZIDANE É O MELHOR TREINADOR

continua após publicidade

Entre os homens, a disputa pelo prêmio de melhor treinador da temporada reuniu dois representantes da escola italiana - Massimo Allegri, da Juventus-ITA, e Antonio Conte, do Chelsea-ING. Quem levou a melhor, no entanto, foi o francês Zinedine Zidane.

Multicampeão pelo Real Madrid-ESP, Zidane recebeu a premiação para coroar uma temporada em que conquistou o Campeonato Espanhol e a Liga dos Campeões.

continua após publicidade

GIROUD LEVA O PRÊMIO PUSKAS

A França também foi vitoriosa no Prêmio Puskas, dado ao autor ou autora do gol mais bonito da temporada. Giroud, atacante do Arsenal, ganhou a honraria pelo gol de calcanhar marcado contra o Crystal Palace (veja o lance no vídeo abaixo).

O francês desbancou a concorrência da venezuela Deyna Castellanos e do goleiro sul-africano Oscarine Masukule para levar o prêmio. 

continua após publicidade

BUFFON QUEBRA HEGEMONIA DE NEUER

O predomínio do alemão Manuel Neuer no prêmio de melhor goleiro da temporada, que já durava quatro temporadas, foi quebrado pelo experiente Gianluiu Buffon. O goleiro da Juventus-ITA, vice-campeão europeu neste ano, foi escolhido como melhor da posição, desbancando o próprio Neuer, do Bayern-ALE, e Keylor Navas, do Real Madrid-ESP.

Buffon, hoje com 39 anos, havia vencido o prêmio de melhor goleiro do mundo pela última vez em 2007, quando o troféu ainda era concedido pela Federação Internacional de História e Estatística do Futebol (IFFHS). Depois disso, o espanhol Iker Casillas foi premiado cinco vezes seguidas, seguido pelos quatro prêmios dados a Neuer.

FIFA HOMENAGEIA ABEL BRAGA, DO FLU

Na cerimônia desta segunda-feira, a Fifa exibiu imagens de momentos mais emocionantes da temporada, e incluiu as homenagens recebidas pelo técnico do Fluminense, Abel Braga, após a morte de seu filho, João Pedro, em julho.

O telão da cerimônia mostrou o minuto de silêncio respeitado pela torcida do Fluminense no Maracanã, em partida contra o Atlético-GO, e o choro do treinador à beira do campo.