Mais lidas
Esportes

Luxemburgo abandona meta de Libertadores e admite luta contra degola no Sport

.

RECIFE, PE (UOL/FOLHAPRESS) - O Sport foi derrotado por 2 a 1 pelo Atlético-PR na Arena da Baixada, no domingo (22), no Brasileirão, e voltou a ficar pressionado pela zona de rebaixamento.

Após momento de recuperação no certame, foi a terceira partida da equipe sem vitória. Apenas dois pontos acima do Vitória, time que abre o Z-4, Vanderlei Luxemburgo “jogou a toalha” na meta que ele colocou ao chegar no Sport, de que o time brigaria por uma vaga na Libertadores, e admitiu pela primeira vez que a realidade da equipe hoje é outra. “Vai ser assim até o final, na faixa de baixo da tabela. Não foi a nossa proposta, mas foi o que aconteceu”, admitiu Luxemburgo. ‘Temos que ter equilíbrio para saber que essa é a nossa realidade”", continuou o treinador após a partida em Curitiba.

Para ele, o principal motivo da derrota fora de casa foi desatenção na saída de bola, que acarretou em erros individuais da equipe. Luxemburgo também disse acreditar na força da Ilha, onde o Sport empatou seus últimos dois jogos, para escapar da degola. “Nós perdemos por falhas de marcação e saída de bola que preocupam. Agora temos que confirmar os jogos em casa.”

O técnico do Sport também foi questionado sobre a substituição do atacante André pelo volante Rodrigo, e explicou que o intuito da mudança era ganhar força no meio de campo e apostar nos contragolpes. “Quando conseguimos o empate o Atlético já não tinha mais o domínio do jogo e nós passamos a deixar os atacantes em melhores condições. A saída de André foi para fortalecer o meio-campo e deixar Diego Souza centralizado para o contra-ataque", explicou.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber