Mais lidas
Esportes

Vettel arrisca, mas Hamilton vence e coloca uma mão no título da F-1

.

Vettel arrisca, mas Hamilton vence e coloca uma mão no título da F-1 - Imagem: Mike Stone/Reuters
Vettel arrisca, mas Hamilton vence e coloca uma mão no título da F-1 - Imagem: Mike Stone/Reuters

JULIANNE CERASOLI

AUSTIN, EUA (UOL/FOLHA) - Sebastian Vettel teve duas chances de brigar pela liderança do Grande Prêmio dos Estados Unidos, neste domingo (22) em Austin, Texas, mas viu Lewis Hamilton conquistar sua nona vitória na temporada da Fórmula 1 se aproximar do quarto título de sua carreira.

O inglês largou em primeiro e, exceto pela largada e saída dos boxes, não teve sua liderança ameaçada pelo alemão, principal concorrente no ano.

O piloto da Ferrari cruzou a linha de chegada em segundo, após passar voltas atrás de Raikkonen e Bottas, resultado que permite Hamilton terminar a próxima prova, o GP do México, na quinta colocação e ainda assim levar o título do ano.

Verstappen, que largou no final do grid, completou o pódio após uma grande prova, na qual ultrapassou treze adversários -o último deles Raikkonen, na volta final.

Tentando uma improvável reviravolta na temporada, Sebastian Vettel foi agressivo na largada e conseguiu tomar a ponta de Hamilton, que liderou todas as sessões de treinos livres e as três etapas da classificação do GP. O alemão chegou a abrir cerca de dois segundos de vantagem para o inglês, que retomou a liderança na sétima volta.

Em paralelo à briga pelas primeiras posições, o brasileiro Felipe Massa mostrou bom desempenho, ganhando quatro posições em relação à largada, onde saiu em décimo.

Melhor do que ele foi o holandês Verstappen, que foi punido na classificação e largou na 16ª colocação. Na 20ª volta, antes de ir aos boxes pela primeira vez, ele assumiu a liderança, beneficiado pela parada de alguns concorrentes -Raikkonen foi o último deles, deixando a primeira posição ao piloto da Red Bull.

Antes disso, na 19ª volta, Vettel teve nova oportunidade de tirar a liderança de Hamilton. O inglês realizou sua primeira ida aos boxes e retorno à pista colado a Vettel. O piloto da Ferrari teve a chance da ultrapassagem, mas não efetuou-a e reagiu com frustração na comunicação com sua equipe.

Como tem sido comum nesta temporada, Fernando Alonso e um piloto da Red Bull -Ricciardo, no caso- abandonaram a prova antes do final. O espanhol da McLaren chegou perto da metade do GP, mas teve que deixar a pista pela sétima vez no ano. Alonso não brigava por posições no topo do grid, ao contrário de Ricciardo, que realizou um duelo empolgante pela terceira colocação com Valtteri Bottas, no início da corrida.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber