Esportes

Arbitral define a disputa do Campeonato Paranaense de 2018

Da Redação ·
O presidente da FPF, Hélio Cury, comandou o Arbitral nesta terça-feira - Foto: Julia Abdul-Hak/FPF
O presidente da FPF, Hélio Cury, comandou o Arbitral nesta terça-feira - Foto: Julia Abdul-Hak/FPF

Nesta terça-feira (17) aconteceu a reunião que definiu a disputa do Campeonato Paranaense de 2018. O presidente da Federação Paranaense de Futebol, Hélio Pereira Cury, recebeu representantes dos 12 clubes participantes da competição da próxima temporada.

continua após publicidade

Também participaram do encontro, o vice-presidente da FPF, Amilton Stival, o ouvidor da entidade, Acef Said, o assessor da presidência Robson Seerig, o gerente de competições Marcius Koehler, o supervisor do departamento de registros Éverton Amaro, e o representante jurídico da FPF, Willian Osaka.

Os clubes que disputarão o Estadual 2018 são: Cianorte, Atlético Paranaense, União, Coritiba, Foz do Iguaçu, Futebol Clube Cascavel, Londrina, Maringá Futebol Clube, Paraná Clube, Prudentópolis, Rio Branco e Toledo.

continua após publicidade

Fórmula - Na reunião ficou definida a mudança na fórmula do Campeonato Paranaense. As 12 equipes participantes serão divididas em dois grupos, e os grupos participarão de duas Taças.

Na primeira taça, as equipes se enfrentam entre os grupos e se classificam as duas melhores de cada grupo, para semifinal e final, em um jogo cada. Na segunda taça, as equipes se enfrentam dentro de seus grupos e se classificam as duas melhores de cada grupo, para semifinal e final, em um jogo cada.

O título do Paranaense será definido em uma final disputada pelo campeão da cada taça, em duas partidas. Caso o vencedor de cada taça seja o mesmo, ele será declarado campeão paranaense de 2018.

continua após publicidade

Por deliberação dos clubes, foi estipulado limite de inscrição de 30 atletas. Cada participante poderá fazer até cinco substituições em suas listas de inscritos até o início da segunda taça.

A competição terá início no dia 21 de janeiro, e pode ter sua decisão em 8 de abril, caso haja os dois jogos finais. Serão rebaixadas as duas equipes que tiverem conquistado o menor número de pontos na soma das duas taças, sem contar os jogos de semifinais e finais.