Esportes

Atleta mirim sonha ser como Usain Bolt

Da Redação ·
Apucaranense Pedro Henrique Machado de Oliveira de 9 anos. Foto: Divulgação
Apucaranense Pedro Henrique Machado de Oliveira de 9 anos. Foto: Divulgação

Mesmo após anunciar a aposentadoria, o multicampeão olímpico e mundial o jamaicano Usain Bolt continua a povoar o imaginário de quem sonha chegar ao apogeu do atletismo. O gesto do carismático corredor jamaicano de erguer os braços, fingindo atirar uma flecha no ar para comemorar as vitórias, ainda fascina os admiradores, especialmente as crianças.

continua após publicidade

Um dos pequenos atletas que não tiram o nome de Bolt da cabeça é o apucaranense Pedro Henrique Machado de Oliveira, de 9 anos. “Ele sempre diz para mim que quer o Usain Bolt. O Pedro é muito fã e o Usain Bolt é o ídolo dele”, afirma a mãe, Alessandra Cristina Machado. 

“Eu quero para meu filho o maior sucesso do mundo, mas a gente sabe que isso é um sonho de criança e a gente não cobra nada dele”, pondera Alessandra.A mãe conta que o gosto pela atividade foi despertado dentro da escola e ganhou força quando ele foi inscrito para participar da primeira competição: o Circuito de Corrida de Rua das Escolas Municipais. 

continua após publicidade

“Foi no ano passado, quando ele veio me contar que o professor Marcon Diego tinha inscrito ele na corrida do Pirapó. Ele venceu e assim foi descoberto o talento dele”, afirma Alessandra.

Pedro estuda na Escola Municipal Augusto Weyand, onde treina duas vezes por semana com os demais colegas, dentro do programa de miniatletismo que foi implantado pela Prefeitura, através de uma parceria entre a Autarquia Municipal de Educação e a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer. 

“O Pedro vem se destacando e é o orgulho da escola, sendo referência no atletismo”, assinala.O talento do pequeno atleta também está repercutindo na família e os vídeos das corridas, com o apoio da internet, transpõem fronteiras. 

continua após publicidade

“Eu envio os vídeos dele correndo para meu irmão que mora em São Paulo e todo mundo da família se desmancha em lágrimas”, diz a mãe, emocionada.Além disso, toda segunda, quarta e sexta-feira ele participa de treinamentos na pista de atletismo do Complexo Esportivo José Antônio Basso (Lagoão). 

“Os treinamentos são ótimos para o desenvolvimento do Pedro. Ele ama correr, a vida dele é isso e está sendo uma experiência maravilhosa”, conta a mãe, acrescentando que os treinamentos no “Lagoão” são ministrados pelo professor José Marcelino da Silva (Grilo).Após a vitória já na primeira prova, Pedro vem colecionando conquistas. “

Ele venceu a corrida das escolas, no Distrito do Pirapó, teve o miniatletismo no Lagoão onde ele também ganhou em duas categorias e na 28 de Janeiro ele ganhou o primeiro lugar por Apucarana na categoria dele”, cita orgulhosa a mãe do pequeno atleta.

continua após publicidade

Através da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, o atleta também tem participado de competições em outros municípios, garantindo medalhas para Apucarana. “Em Cornélio Procópio ele tirou o primeiro lugar e também em Maringá, na Corrida de Tiradentes”, relata Alessandra.A mãe do menino é uma das principais incentivadoras, mas entende que tudo tem o tempo certo para acontecer. “Eu sempre falo para ele: vai e faz o seu melhor. Se você perder, não tem problema. E caso você ganhar é uma conseqüência”, orienta a mãe.

Atividade é inserida de modo lúdico nas escolasO prefeito de Apucarana, Beto Preto, afirma que o miniatletismo nas escolas é uma das prioridades da atual administração. Os kits começaram a ser distribuídos em 2014 e atualmente estão disponíveis em toda a rede municipal de ensino.Trata-se de uma atividade extracurricular, mas que o Município pretende incluir na grade curricular de disciplinas. 

continua após publicidade

“Queremos que as crianças se preparem para a vida através do atletismo, que é a base para todas as demais modalidades esportivas”, ressalta Beto Preto.

Os estudantes têm a oportunidade de praticar ludicamente saltos (em distância, altura e com vara), lançamentos (disco, martelo e dardo), arremesso de peso e corridas (velocidade, meio fundo, fundo, barreiras e obstáculos).A Secretaria Municipal de Esportes e Lazer, em parceria com a Autarquia Municipal de Educação, vem investindo na capacitação de professores que atuam no programa. 

“Recentemente esteve em Apucarana o treinador olímpico Kiyoshi Takahassi, que é um especialista na área”, exemplifica a secretária de Esportes, Jossuela Pinheiro.

Kiyoshi Takahassi disse que a atividade deve ser repassada de forma lúdica. “O programa deve ser desenvolvido no sentido de que as crianças sintam atração pelo atletismo e partir daí entrem em fases mais elaboradas do aprendizado das diversas provas”, orientou Kiyoshi Takahassi.

O especialista também afirmou que o investimento no atletismo garante a revelação de talentos em outras modalidades esportivas. “O atletismo é o esporte básico, é o desenvolvimento do correr, saltar e lançar que serve para qualquer outra modalidade”, define Kiyoshi Takahassi, assinalando que Apucarana está a pelo menos dez anos na frente da maioria dos municípios paranaenses.