Facebook Img Logo
  1. Banner
Mais lidas
Esportes

São Paulo deixa zona de rebaixamento após virada

.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O atacante Lucas Pratto reencontrou o gol em uma hora que o torcedor são-paulino começava a se desesperar na arquibancada do Pacaembu.

Depois de 12 rodadas sem marcar pela equipe no Campeonato Brasileiro, o argentino abriu caminho para a virada do São Paulo sobre o Atlético-PR, neste sábado (14), em vitória por 2 a 1.

Depois, Maicosuel, que havia substituído Lucas Fernandes no segundo tempo, completou um contra-ataque veloz para definir o placar.

Com três pontos conquistados, a equipe deixou a zona de rebaixamento para a Série B.

Pratto não fazia um gol pelo São Paulo desde a vitória sobre o Vasco, por 1 a 0, no Morumbi, pela 15ª rodada, em 19 de julho. No ano, porém, ele ainda é o goleador são-paulino, agora com 13.

Não que o técnico Dorival Júnior estivesse insatisfeito com seu desempenho. Foram constantes seus elogios sobre a entrega e a versatilidade do atacante argentino.

Pratto defendeu o São Paulo em 32 dos últimos 33 jogos. Só ficou fora de uma rodada, contra o Avaí, em Florianópolis, 20 de agosto, quando estava suspenso.

MARCAÇÃO PARANAENSE

Neste sábado, Pratto novamente teve dificuldades para concluir. O Atlético-PR, que agora está quatro rodadas sem vencer, marcava muito bem.

Foram várias as ocasiões em que a equipe paranaense tinha todos seus marcadores atrás da linha da bola.

Sem muita movimentação dos atacantes, o time de Dorival Júnior teve dificuldade para encontrar espaços e acesso à área rival.

A melhor alternativa do ataque era, no fim, marcar. Só mesmo quando apertou a saída de bola, criou boas chances, pegando a retranca do Atlético-PR desguarnecida. Especialmente nos minutos finais do primeiro tempo.

Depois de mostrar ao adversário como armar uma sólida defesa por 45 minutos na primeira etapa, o Atlético-PR abriu o placar no início do segundo tempo, com Douglas Coutinho. Ele aproveitou rebote na pequena área após rebatida do goleiro Sidão.

Neste momento, a tensão são-paulina era evidente no estádio do Pacaembu. Desespero que foi atenuado aos 14min do segundo tempo, com boa enfiada de Cueva para Pratto chutar forte, cruzado e superar o goleiro Weverton.

Aos 37min, após roubo de bola no meio-campo, o peruano participou da jogada do segundo gol são-paulino. Ele tinha duas opções para ligar o contra-ataque. O atacante argentino corria pela direita. Cueva acionou Maicosuel pela esquerda. O meia-atacante teve frieza para concluir com precisão e virar o jogo.

Pratto comemorou com ele. O São Paulo seguirá apreciando sua dedicação e tudo o que oferece em campo, mas, em sua tortuosa luta contra o rebaixamento, só espera que o centroavante não passe mais 12 partidas sem fazer um gol.

O portal TNOnline.com.br não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal TNOnline.com.br não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site. Leia aqui o termo de uso e responsabilidade.

Edhucca

Últimas de Esportes

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber