Mais lidas
Esportes

ATUALIZADA - Tenista é suspenso após doping indicar cocaína em vitória sobre brasileiro

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A Federação Internacional de Tênis (ITF) anunciou nesta terça-feira (03) a suspensão por um ano do tenista britânico Daniel Evans. A punição para o número 4 do tênis britânico vai até o dia 24 de abril de 2018.

O atual número 108º no ranking da ATP foi pego no exame antidoping por uso de cocaína. No dia em que o tenista foi submetido ao exame, Evans ganhou do brasileiro Thiago Monteiro por 2 sets a 1, com parciais de 6-7. 6-2 e 7-6, pela primeira rodada do ATP 500 de Barcelona.

O britânico ainda ganharia mais um jogo no torneio antes de ser eliminado nas oitavas de final. “A amostra coletada durante sua participação no ATP de Barcelona foi enviada ao laboratório da Agência Mundial Antidoping (Wada) em Montréal, onde foi encontrada cocaína, substância proibida pelo programa antidoping. Essa é a primeira violação de antidoping do senhor Evans. Todos os pontos e prêmios obtidos em Barcelona e em torneios subsequentes serão desqualificados”, informou a ITF no comunicado.

Após Barcelona, ele disputou mais quatro torneios, acumulando 103 mil euros em prêmios (cerca de R$ 382 mil), tendo que devolver estes valores, segundo decisão da ITF.

Ainda após a decisão da Federação, Evans disse que "o resto" de cocaína se misturou com seus remédios diários, que ele tomou entre os dias 20 e 24 de abril deste ano —data pela qual ele forneceu a amostra.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber