Mais lidas
Esportes

O. J. Simpson deixa prisão nos EUA após nove anos

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Réu do "julgamento do século", O. J. Simpson foi libertado neste domingo (1º) de uma prisão em Nevada, onde está preso desde 2008 por assalto a mão armada. No entanto, seus planos são incertos.

O ex-jogador de futebol americano, Simpson foi liberado Centro Correcional Lovelock, ao norte de Nevada, disse a porta-voz das prisões estaduais, Brooke Keast, à agência Associated Press. Ela disse que não conhecia o motorista que levou Simpson após sua liberação e não sabia onde Simpson estava imediatamente em suas primeiras horas de liberdade.

"Eu não tenho nenhuma informação sobre onde ele está indo", disse Keast, que assistiu enquanto Simpson assinava documentos e foi solto.

Simpson, 70 anos, conseguiu obter liberdade condicional, em julho, após nove anos atrás das grades, em uma audiência que não levou em consideração o julgamento dos anos 90, pelo assassinato de sua ex-mulher Nicole Brown e do seu amigo, Ron Goldman.

A antiga estrela do futebol americano, ator de televisão e garoto-propaganda, apelidado de "The Jucie" durante sua carreira de atleta, foi considerado inocente, em 1995, após um julgamento que durou 13 meses, em Los Angeles, e foi televisionado diariamente, hipnotizando boa parte da nação.

Uma corte civil o considerou culpado pelas mortes e o ordenou a pagar US$ 33,5 milhões em danos às famílias das vítimas, uma decisão que ainda está longe de ser cumprida. É incerto o destino final da ex-estrela do esporte. O. J. Simpson afirmou a membros da comissão de condicional que espera se mudar para a Flórida, onde tem amigos e família, um plano que precisa ser aprovado pelas autoridades do Estado.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber