Mais lidas
Esportes

'Gabriel Jesus ainda pode melhorar muito, mas é excepcional', diz Guardiola

.

CAIO CARRIERI

MANCHESTER, REINO UNIDO (UOL/FOLHAPRESS) - Vice-artilheiro da Premier League com quatro gols, apenas um atrás do parceiro Sérgio Agüero e de Romelu Lukaku, do Manchester United, Gabriel Jesus já se tornou intocável no time titular do Manchester City. Josep Guardiola não se cansa de encher o pupilo de elogios.

"Gabriel nos ajudou muito quando chegou, mas também não podemos esquecer que sentimos muita falta dele também. Quando ele chegou, em janeiro, o impacto dele foi 'uau!', excepcional, mas depois se machucou. Com ele, a nossa falta de gols na temporada passada talvez tivesse sido diferente. Ele se encaixa muito bem com Sergio [Aguero], Leroy [Sané], Sterling, Bernardo, com todos", declarou técnico nesta sexta-feira (22), em entrevista coletiva no CFA (City Football Academy), centro de treinamento do clube.

O camisa 33 fraturou o pé direito menos de um mês após a estreia, e só retornou à equipe no início da atual campanha. Na atual campanha, a dupla com Agüero se tornou um pesadelo para as defesas adversárias não só pelo faro artilheiro de ambos, mas também pela capacidade do brasileiro em iniciar a marcação no campo de ataque, uma das principais características dos times comandados por Guardiola.

"Também podemos utilizar a energia que ele tem para marcar pressão. Só que não podemos esquecer, mesmo ele sendo um atacante de nível muito alto e número 9 do Brasil, ele tem muita margem para evoluir, é muito jovem. Estou animado para ajudá-lo, sobretudo nas coisas simples, para se tornar um jogador ainda melhor", afirmou.

Neste sábado (23), o Manchester City recebe o Crystal Palace, no Estádio Etihad, às 11h de Brasília, pela sexta rodada da Premier League. O City divide a liderança com United -os rivais têm exatamente o mesmo desempenho-, enquanto o clube de Londres segura a lanterna da competição, com cinco derrotas e nenhum gol marcado.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber