Mais lidas
Esportes

Massa se surpreende com agressividade de Vettel na largada em Cingapura

.

JULIANNE CEREASOLI

CINGAPURA (UOL/FOLHAPRESS) - Largando na penúltima fila do grid em Cingapura, Felipe Massa não chegou a ver ao vivo o acidente que provocou o abandono do vice-líder do campeonato e favorito para a prova, Sebastian Vettel, além de Max Verstappen e Kimi Raikkonen. Porém, depois de rever as imagens na TV, o brasileiro se mostrou surpreso pela maneira como Vettel foi agressivo nos primeiros metros. “Depois do corrida, notei uma grande movimentação no paddock por conta de um acidente na largada. Devo dizer que não vi nada no começo da corrida, pois só havia um muro de água frente”, afirmou o brasileiro em coluna para o "Motorsport.com". “Desde então, tive a chance de ver a largada na TV, e acho que Sebastian Vettel forçou um pouco demais quando tentou defender sua liderança, e isso causou tudo o resto. Claro que Max Verstappen ainda é jovem, mas no final não acho que ele errou.”

Massa se mostrou surpreso pelo fato de Vettel ter sido tão agressivo mesmo que a manobra não fosse em cima de seu rival direto pelo título, Lewis Hamilton. E lembrou de como um episódio como este pode mudar a história da temporada. Afinal, em 2008, no mesmo circuito de Marina Bay, o brasileiro liderava quando um Safety Car fez com que tivesse de entrar de última hora nos boxes e a Ferrari acabou liberando-o sem que a mangueira de abastecimento tivesse sido solta de seu carro, o que lhe custou uma vitória praticamente certa em um campeonato que perdeu justamente para Hamilton, por um ponto. Massa acabou não pontuando naquela ocasião e o inglês foi o terceiro. “Quando você está na situação de Sebastian nesse ponto do campeonato e você está lutando pelo título, tudo fica complexo. Pensava que Sebastian só queria cobrir Lewis Hamilton, porque só eles estão na luta pelo campeonato. Mas uma temporada da F-1 tem vários episódios como este, especialmente quando seu rival está muito próximo. E são coisas como essas que podem fazer a diferença no final. Ainda lembro do que aconteceu comigo em Cingapura em 2008. Foi uma das corridas mais azaradas da minha carreira, e nunca vou esquecer do peso que aquilo teve na minha temporada", escreveu.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber