Mais lidas
Esportes

Mesmo com pênalti perdido, Cruzeiro vence o Bahia e segue dentro do G-6

.

BELO HORIZONTE, MG (UOL/FOLHAPRESS) - O primeiro tempo do Cruzeiro não foi muito bom diante do Bahia. A equipe visitante criou as melhores chances no Mineirão. No início da segunda etapa, Thiago Neves perdeu um pênalti, defendido pelo goleiro Jean. Mas Léo, de cabeça, garantiu a terceira vitória clube mineiro em quatro rodadas, mantendo a equipe treinada por Mano Menezes no G-6 do Campeonato Brasileiro.

Já o Bahia, com a derrota, segue próximo da zona do rebaixamento. Apenas um ponto separa a equipe treinada por Preto Casagrade dos últimos colocados, sendo que o Coritiba joga nesta segunda-feira e pode deixar o Bahia apenas uma posição foram da degola.

Autor do gol da vitória do Cruzeiro sobre o Bahia, Léo chegou a 18 gols pelo Cruzeiro. Ele se isola na terceira colocação entre os zagueiros com mais gols pelo clube celeste. Após deixar Bruno Rodrigo e Darci Menezes para trás, Léo agora busca os dois primeiros colocados. Geraldão e Cris, com 30 e 25 gols, respectivamente.

Apesar de o Cruzeiro jogar em casa e atuar com a equipe titular, foi o Bahia quem mais criou lances de perigo na primeira etapa. Mendoza foi o jogador mais perigoso da equipe tricolor, mas duas melhores oportunidades foram com o zagueiro Thiago e o meia Vinícius. Thiago cabeceou uma bola para fora e Vinícius tentou fazer de cobertura, mas Fábio fez uma grande defesa.

COPA DO BRASIL

Daqui dez dias o Cruzeiro define com o Flamengo quem vai ser o campeão da Copa do Brasil em 2017. Mesmo com a proximidade do jogo, nada de poupar jogadores. O técnico Mano Menezes escalou quem ele tinha de melhor à disposição. Algo que não vai acontecer na próxima semana, contra o Atlético-GO. No jogo marcado para o dia 24, às 19h, em Goiânia, o Cruzeiro deve ir com uma equipe completamente reserva.

CRUZEIRO

Fábio, Ezequiel, Léo, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique, Hudson (Lucas Silva, aos 29 do 2º), Robinho (Rafael Sóbis, aos 34 do 2º), Rafinha (Arrascateta, aos 12 do 2º) e Thiago Neves; Raniel.

T.: Mano Menezes.

BAHIA

Jean, Eduardo, Tiago (Thiago Martins, aos 25 do 2º), Lucas Fonseca e Juninho Capixaba; Edson, Juninho, Vinícius (Edigar Junio, aos 30 do 2º), Zé Rafael e Mendoza; Rodrigão (Hernane, aos 39 do 2º).

T.: Preto Casagrande. Árbitro: Wagner Reway (FIFA/MT)

Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Fábio Rodrigo Rubinho (MT)

Cartões amarelos: Henrique, Raniel, Robinho e Thiago Neves (CRU) Vinícius (BAH)

Gol: Léo, pelo Cruzeiro, aos 17 minutos do segundo tempo.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber