Mais lidas
Esportes

Largada caótica em Cingapura tira Vettel e Verstappen da prova na 1ª volta

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O tempo era de chuva, mas não foi o piso molhado o responsável por uma caótica largada no Grande Prêmio de Cingapura, neste domingo (17). Em uma tentativa de ultrapassagem, Kimi Raikkonen (Ferrari) e Max Verstappen ocasionaram uma série de acidentes.

Logo na largada, Raikkonen, que largou em quarto, colocou de lado para passar Verstappen. Ao perceber a aproximação do finlandês, o holandês da Red Bull levou seu carro ligeiramente para a esquerda, ocasionando a batida. O choque entre os dois deu prejuízo para o então líder da prova Sebastian Vettel, que acabou atingido e teve seu bico danificado.

Depois do acidente, Raikkonen reclamou de Verstappen pelo rádio. “Estou. Isso é ridículo”.

Com dificuldades por causa do acidente, Vettel perdeu o controle poucos metros depois e terminou de quebrar o bico de sua Ferrari. O alemão ainda tentou levar o carro para o boxe, mas teve que abandonar a prova.

Em conversa com os engenheiros pelo rádio, o alemão terminou pedindo desculpas. “Grandes danos, pare o carro. Pare o carro”, avisou o engenheiro. “Você tem certeza?”, questionou Vettel. “Sim, pare o carro agora”, respondeu. “Desculpe, rapazes. Desculpe. Realmente, desculpe”, terminou o alemão.

O acidente ainda prejudicou a corrida de Fernando Alonso. Largando em oitavo, o espanhol já era o terceiro colocado quando foi atingido na confusão. O piloto da McLaren, no entanto, permaneceu na prova.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber