Mais lidas
Esportes

Organizada do São Paulo pede reunião com jogadores, diretoria e presidente

.

JOSÉ EDUARDO MARTINS

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - As principais organizadas do São Paulo querem respostas para a crise do clube. A Independente formou uma comissão de 20 pessoas com a intenção de ir até o CT da Barra Funda para um encontro com os jogadores, comissão técnica, os dirigentes do departamento de futebol e o presidente, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco. A ideia é que o grupo seja recebido até a quinta-feira (14).

O pedido para que a tal comissão —formada por integrantes de organizadas e sócios— possa fazer a visita já foi feito para diretores e até jogadores. Porém, até o momento, não há uma resposta. Além do rendimento ruim da equipe dentro de campo, uma preocupação é com o ambiente do elenco. Na última semana, ficou exposta uma suposta rusga entre o zagueiro Rodrigo Caio e o meia peruano Cueva.

"Estamos preparando as perguntas. Queremos saber se o elenco está rachado, se tem problema entre o Cueva e o Rodrigo Caio, se tem comando. É um ato sem violência. Estamos juntos e vamos até o fim. O São Paulo não vai cair", afirmou o presidente da Independente, Henrique Gomes, o Baby.

Apesar da crise do time, a torcida tem apoiado. No sábado (9), por exemplo, 43.724 pessoas foram ao estádio para ver o empate por 2 a 2 entre São Paulo e Ponte Preta. "Se não formos recebidos, vamos continuar a apoiar o time, mas a conversa vai ser diferente. Aí vamos entender que não há respeito com a torcida", afirmou Henrique.

O São Paulo soma apenas 24 pontos em 23 partidas neste Brasileiro. Na próxima rodada, o time do treinador Dorival Júnior enfrenta o Vitória —concorrente direto na briga para fugir da zona do rebaixamento—, no domingo (17), fora de casa.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber