Mais lidas
Esportes

Romário diz que venceria Messi e Cristiano Ronaldo no prêmio de melhor do mundo

.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Nos últimos anos, a disputa do prêmio de melhor do mundo se concentrou em duas estrelas: Lionel Messi e Cristiano Ronaldo. Tetracampeão em 1994, o ex-atacante Romário declarou ao "El País" que venceria os dois concorrentes se disputasse a premiação.

"Com certeza [que venceria o prêmio Fifa]. Apesar de todo respeito que tenho por Messi e Cristiano Ronaldo, eu levaria vantagem em relação à finalização, posicionamento e colocação dentro da área. Nesses quesitos, estou bem à frente deles", disse Romário.

Em mais de 20 anos de carreira, Romário afirma ter marcado mais de mil gols.

Estrela da campanha vitoriosa na Copa do Mundo de 1994, o Baixinho foi eleito o melhor do mundo da Fifa naquele ano.

Ex-atacante do Barcelona, Romário opinou sobre a transferência de Neymar para o PSG. O agora senador acredita que Neymar ficaria mais perto do prêmio de melhor o mundo atuando ao lado de Messi e Suárez. O coletivo do Barcelona aproximaria Neymar do posto de "Melhor do Mundo", crê Romário.

"Torço para que o Neymar seja ainda mais feliz. Mas tenho certeza que vai ser muito mais difícil para o Neymar ser o melhor do mundo jogando pelo PSG do que pelo Barcelona. Entendo que hoje ele já tem condição de ganhar, mas, após essa transferência, o Neymar ficou mais longe do prêmio".

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber