Mais lidas
Esportes

Afastado, Cícero comunica que fica no São Paulo até fim do ano

.

JOSÉ EDUARDO MARTINS

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Mesmo afastado do time profissional, Cícero não deve deixar o São Paulo nesta janela de transferência. Com contrato até o fim de 2018, o jogador comunicou o clube de que vai permanecer no clube.

Longe da equipe, o meio campista treina em horários alternativos no CT da Barra Funda junto com atletas que retornaram de empréstimo.

"O Cícero vai ficar no São Paulo por conta de problemas particulares", afirmou o empresário do jogador, Eduardo Uram. A reportagem confirmou que o departamento de futebol tricolor recebeu a ligação do agente e vai cumprir com as suas obrigações.

Fora dos planos de Dorival Júnior, o jogador recebeu uma proposta dos Emirados Árabes e foi procurado por um clube do futebol europeu. No entanto, o meio campista recusou as ofertas.

Ainda que tivesse a intenção de se transferir, Cícero teria dificuldade para encontrar um destino. Nesta semana, a janela de transferência para boa parte dos países da Europa fecha.

Para complicar ainda mais a situação, como disputou dez partidas pelo São Paulo neste Campeonato Brasileiro, o camisa 8 só pode se transferir para clubes do exterior ou de outras séries do Brasileiro nesta temporada.

De acordo com pessoas ligadas ao atleta, ele ainda está incomodado com a decisão da diretoria tricolor. O meio-campista não entende o motivo de tal situação e acredita que poderia ajudar a equipe neste Brasileiro.

Contratado no início deste ano a pedido de Rogério Ceni, o meio-campista esteve envolvido em duas polêmicas. No clássico com o Corinthians, durante o Campeonato Paulista, ele foi atingido por uma prancheta chutada por Ceni durante um momento de fúria no intervalo.

Depois, ele foi questionado pelo ex-goleiro durante um treino por ter levado o filho para acompanhar a atividade no CT da Barra Funda. A situação gerou um mal-estar entre os dois.

×

Newsletter

Conteúdo direto para você:

Quero Receber